Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT
GT Academy

Race Camp Europeu da GT Academy 2015 – Dia 8

O último dia do Race Camp da GT Academy NISMO PlayStation 2015 teve início no Yas Marina Circuit onde os 14 concorrentes ainda em prova partiram para a pista com os instrutores da GT Academy. De seguida, os mentores de cada país transferiram os dados e vídeos dos seus pupilos para analisarem os desempenhos. Adrian Newey OBE, uma lenda da F1 no campo do design, estava por perto para dar a sua opinião aos mentores e aconselhar os concorrentes.

De seguida, foi a vez dos mentores sentarem-se ao lado de cada um dos dois concorrentes restantes da sua região antes de tomarem a dolorosa decisão final sobre quem seria o campeão do território e participaria na corrida final.

Os campeões de cada território, que iriam participar na sua primeira corrida, seriam: Ben Bishop (Reino Unido); Romain Sarazin (França); Nikodem Wisniewski (Europa de Leste e Central); Victor Prim (Península Ibérica); Emile de Dryver (Benelux); Simone Marceno (Itália); e Thomas Kiefer (Alemanha). Esta seria também a ordem da grelha de partida, que ficou decidida ontem à noite numa corrida especial no Gran Turismo que decorreu na discoteca Rush, localizada no hotel Viceroy.

Ao anoitecer teve lugar uma sessão de treinos cronometrados e de seguida os carros alinharam-se para a corrida de seis voltas no circuito sul e bem iluminado de Yas Marina.

O francês Romain Sarazin teve um grande arranque e passou para a frente quando o campeão britânico, Ben Bishop, abriu espaço na primeira curva. Graças a algumas voltas muito rápidas, incluindo a mais veloz da corrida, Romain conseguiu alcançar uma liderança confortável. Atrás dele, o italiano Simone Marceno e o espanhol Victor Prim esforçavam-se por ultrapassar Ben Bishop. Mas o britânico defendeu-se bem e a corrida terminou com a seguinte ordem: França; Reino Unido; Itália; Península Ibérica; Benelux; Europa de Leste e Central; e Alemanha.

A única formalidade que restava era que o diretor técnico da Red Bull Racing, Adrian Newey, anunciasse o estudante de 22 anos de Lyon como o contemplado com a oportunidade de mudar a sua vida. Romain irá agora embarcar no Programa de Desenvolvimento de Pilotos da GT Academy com a oportunidade de perseguir o seu sonho de singrar como piloto de competição internacional.

Rob Barff (jurado principal): "Mas que grande prestação, ele dominou a corrida a partir da frente e conduziu como um verdadeiro campeão, foi extremamente impressionante. Aquelas três voltas fantásticas a meio da corrida deram-lhe uma clara vantagem e merece ganhar. Foi evoluindo ao longo de toda a semana, o Olivier disse-me que ele controlou o seu ritmo e sabia o que tinha de fazer e executou-o com perfeição. É um verdadeiro campeão e um justo vencedor."

Adrian Newey: "Fiquei muito impressionado com esta corrida tendo em conta que os rapazes nunca tinham participado em nenhuma, e foi bastante limpa. Depois da partida foi muito renhido. O Romain fez bem em alargar a vantagem e dar uso ao espaço enquanto os carros atrás dele se abrandavam mutuamente. Controlou a vantagem muito bem, gostei de ver. Foi uma experiência fascinante estar aqui a ver a GT Academy em ação. Consigo perceber que este programa se irá tornar uma entrada cada vez mais importante no mundo do desporto motorizado para os jovens que querem perseguir os seus sonhos, visto que os custos das competições de karts tradicionais e de Fórmula continuam a subir. É pena que apenas possa existir um vencedor."

Olivier Pla (mentor francês): "Para mim, foi perfeito. O Romain teve uma prestação fantástica e fez exatamente aquilo que lhe disse durante a corrida, é uma boa qualidade para um jovem piloto. O arranque foi perfeito e manteve o controlo na primeira curva. De seguida, disse-lhe para criar uma pequena vantagem e de seguida controlá-la tendo em vista os pilotos que vinham atrás. Ele fez tudo isto na perfeição e estou muito orgulhoso dele!"

Romain Sarazin, campeão europeu da GT Academy (França): "Estou muito emocionado! Sabia que tinha de fazer um bom arranque porque é difícil ultrapassar. Depois de passar pelo Ben na primeira curva só tive de manter a calma e aumentar a vantagem. Vi os outros em disputa atrás de mim e isso tornou mais fácil afastar-me. Isto é uma enorme conquista e irá mudar a minha vida por completo. Agora tenho a sorte de receber a oportunidade de viver o meu sonho e mal posso esperar por começar!"