Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT
GT Academy

Race Camp Europeu da GT Academy 2015 – Dia 7

Enquanto o ex-piloto de F1 Max Chilton e os restantes mentores da GT Academy desfrutavam dos frutos das suas carreiras de sucesso no desporto motorizado na magnífica estância de Qasr Al Sarab, no lendário deserto de Rub'Al Khali, os concorrentes limitavam-se a sonhar com as possibilidades de uma vitória na GT Academy. O local onde se encontravam, a poucos quilómetros de distância, não podia ser mais diferente. Cada grupo dormiu numa tenda básica, e muito quente, sob as estrelas deste deserto incrível.

Após uma noite irrequieta de sono para vários dos concorrentes, os mentores e Rob Barff chegaram ao acampamento relaxados após uma noite de luxo com vista a conduzir a sessão de treino para o desafio eliminatório do dia: um contrarrelógio com buggies. Durante a tarde as temperaturas no deserto ultrapassaram os 40 graus e os concorrentes, com fatos de corrida completos e capacetes, lançaram-se a uma pista montada numa duna com buggies de 1000 cc.

Os grandes saltos causaram algumas falhas mecânicas, pelo que Tim Coronel, o mentor do território de Benelux e bicampeão de Dakar ao volante de um buggy, entrou em ação para consertar um dos buggies danificados e manter a ação em curso.

O desafio ajudou os mentores a decidirem qual dos dois concorrentes avançará para o dia final no Yas Marina Circuit onde regressarão à pista para um treino de condução intensivo monitorizado pelos seus mentores e sob o escrutínio de Adrian Newey, uma lenda no design da F1. Estes finalistas participarão numa última corrida que coroará o campeão da GT Academy Europa 2015 e que verá assim concretizado o seu sonho de uma carreira glamorosa no desporto motorizado internacional.

Após uma longa viagem de regresso ao hotel Yas Viceroy, os 14 participantes não tiveram descanso. Todos eles foram levados até à popular discoteca Rush e de regresso às suas raízes de jogadores que os trouxeram até Abu Dhabi para perseguirem os seus sonhos de se tornarem pilotos. Uma corrida no Gran Turismo, onde nem faltou a troca de pilotos, colocou os sete territórios em disputa por um prémio valioso: a pole position na corrida de amanhã.

Outra estreia na GT Academy é o facto do dia de amanhã colocar em confronto dois irmãos que irão competir entre si pelo lugar de campeão da Alemanha. “O nosso derradeiro objetivo foi sempre chegar até aqui enquanto equipa,” explicou Thomas, o irmão mais jovem, de 22 anos. “Agora um de nós chegará à final, o que é excelente. Mas claro que todos querem essa posição, por isso vou esforçar-me ao máximo.”

“É muito emocionante,” acrescentou Georg, de 27 anos. “Pelo menos um dos Kiefer irá estar presente na corrida final. O coração da nossa mãe deve estar a bater forte!”

Caso os concorrentes não se tivessem ainda apercebido que estão perante uma oportunidade capaz de mudar as suas vidas, isto foi precisamente sublinhado por Jann Mardenborough, o vencedor de 2011. Chegaram notícias ao Race Camp de que o Atleta NISMO britânico tinha dado sequência a um quinto lugar na primeira corrida do Grande Prémio da Rússia de GP3 em Sochi com uma excelente terceira posição na segunda corrida.

Max Chilton (mentor britânico): “O deserto foi espantoso. Nunca estive num local assim e aprendemos muito. Fiquei satisfeito com o resultado da corrida e a rapaziada ganha mais uma experiência que lhes pode ser útil enquanto pilotos de competição. Os dois que me restam evoluíram bastante durante o Race Camp. Tenho andado a usar bastante a palavra ‘evolução’ ao longo desta semana, e por isso estou confiante de que ambos serão rápidos em pista amanhã, no último dia. Acho que ambos serão capazes de fazer um bom trabalho.”