Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT
GT Academy

Vencedores da GT Academy vencem as 12 Horas de Bathurst

No dia 8 de fevereiro, o Nissan GT-R alcançou outro marco importante em Mount Panorama após conquistar uma vitória dramática na prova das 12 Horas de Bathurst 2015.

Após uma corrida repleta de drama e com muitos acidentes e carros de segurança em pista, a estrela japonesa Katsumasa Chiyo ultrapassou dois carros na penúltima volta e alcançou uma vitória notável para a equipa NISMO Athlete Global Team.

A conquista de Chiyo e dos vencedores da GT Academy Wolfgang Reip e Florian Strauss, foi a primeira vitória do Nissan GT-R em Mount Panorama desde as duas conquistas seguidas no Bathurst 1000 em 1991 e 1992.

A multidão no topo de Mount Panorama entrou em êxtase quando Chiyo colocou o seu Nissan na liderança, um feito ainda mais épico se levarmos em conta que o carro ficou danificado após um acidente na corrida de qualificação, no sábado. As reparações do Nissan GT-R NISMO GT3 #35 só ficaram finalizadas às 4H30 de domingo (hora local).

Strauss ficou especialmente satisfeito com a vitória já que foi recrutado à última hora para o evento, quando o piloto Alex Buncombe se mostrou indisponível para participar devido ao nascimento do seu primeiro filho. Strauss é piloto profissional há apenas 18 meses, após a sua vitória na GT Academy em 2013.

Wolfgang Reip:
“Sim, foi muito stressante (assistir às últimas voltas), não conseguia manter-me calmo.” explica Reip.

“É incrível, é a nossa primeira vitória nestes dois anos em que temos andado em competição, por isso é muito emocionante. Dei início à corrida esta manhã, a princípio estava a seguir o Audi e depois comecei a poupar o carro porque sabíamos que tínhamos de o fazer para alcançar (o final). Foi muito longo, conduzi durante duas horas e quarenta e cinco minutos e depois o Chiyo conduziu três horas, por isso foi uma prova longa, mas muito emocionante.

“A minha segunda entrada em prova correu muito bem, os carros de segurança apareceram muitas vezes, mas consegui chegar às boxes a tempo. Foi muito stressante porque tínhamos uma estratégia montada e depois com os carros de segurança não sabíamos o que poderia acontecer – já não contávamos vencer, mas os últimos dez minutos foram incríveis. O carro teve um comportamento maravilhoso, este é um circuito onde nos damos muito bem. Foi uma boa corrida.”

Florian Strauss:
“É espantoso, ainda não consigo acreditar”, afirmou Strauss.

“Tivemos muita sorte com esta vitória, ninguém é capaz de dizer até onde poderíamos ter ido com o Alex, mas acho que não alcançaríamos um melhor resultado. A equipa portou-se muito bem todo o fim de semana, o Chiyo colocou o carro em primeiro lugar, a equipa esforçou-se imenso para deixar o carro pronto para a manhã.

“O carro deu-me muita confiança, acho que me portei bem, não fiquei muito longe dos meus colegas de equipa. A minha participação foi espantosa, um pouco longa e com muitos carros de segurança. A meio da corrida ficámos desapontados por apenas estarmos em terceiro lugar, mas o Chiyo acelerou a fundo na parte final e alcançámos um bom resultado, é magnífico para a Nissan.”