Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT
GT Academy

GT Academy 2012 Race Camp - Dia 2

Domingo, 19 de agosto de 2012: Os 36 aspirantes a pilotos de corrida de toda a Europa começaram às 6h, no Race Camp da GT Academy, esta manhã. Uma corrida de aquecimento foi seguida por uma corrida em volta do Stowe Circuit e depois duas intensas rondas de treino de circuito. A sessão foi orquestrada pela equipa responsável pela condição física dos dois últimos vencedores da GT Academy – Jordan Tresson e Jann Mardenborough - como parte dos seus Programas de Desenvolvimento de Piloto. Ao trabalhar com atletas de elite, a equipa desenvolveu conhecidos programas de treino para pilotos de corrida.

 
Durante grande parte do que restou do dia, os concorrentes voltaram á escola. Para se qualificarem para uma licença de corrida – e a hipótese de competir na final deste fim de semana - os 36 jogadores têm de passar no teste ‘ARDS’. No Reino Unido, o teste ARDS é central na licença de corrida mais básica da MSA e consiste num teste escrito seguido de um teste prático na pista, com um instrutor ARDS sénior.

O desafio final do dia foi o "desafio laser", com os concorrentes a enfrentarem-se diretamente num teste de resistência, determinação e concentração, enquanto seguravam um volante numa posição de condução imóvel.

Amanhã a competição aquece, com atividades de condução variadas e muito sérias. É um grande dia para os concorrentes, pois decorrerão as primeiras eliminações planeadas. Para alguns, significará o fim do seu sonho, a menos que consigam impressionar o júri, mentores e instrutores, atrás do volante.

 

Comentários do Dia 2 do Race Camp

Rob Jenkinson, treinador de condução chefe: “Hoje, o cerne foi garantir que todos se qualificam para o ARDS, sem o qual não se pode correr no RU. Infelizmente houve alguns fracassos, mas por sorte há uma segunda hipótese, mas isto não é bom!

“No geral, a minha impressão e o feedback dos nossos instrutores é bom, este ano. Cerca de 80% dos pilotos esteve dentro dos 1.5 segundos do mais rápido, que foi apenas a cerca de um segundo do ritmo do instrutor. Tivemos alguns casos que se destacaram no kart, mas no geral o nível é bom. Amanhã têm muita condução e cada desafio vai ser diferente, por isso é crucial, para eles, que impressionem os seus mentores e instrutores, porque vamos dispensar alguns, no fim do dia.”

Bas Leinders (BEL), mentor para o grupo Holanda/Bélgica: "De momento estou a liderar o campeonato Blancpain, por isso conheço a história de Jann. É uma série muito competitiva e os carros são excelentes de conduzir, mas se quiseres ficar à frente tens de investir em força. É assim o automobilismo. Sempre foi muito dispendioso, mas penso que era muito mais acessível, quando eu era mais novo. É por isso que a GT Academy é uma oportunidade tão boa para jovens pilotos. Dá-lhes a ajuda de que necessitam para correrem em séries de corrida decentes e não terem de se preocupar em arranjar dinheiro para correrem e aprenderem a correr. Os pilotos podem concentrar-se no que conta, serem rápidos! É ótimo estar aqui a ajudar nesse processo."

Darian Rojnic, concorrente italiano (2º no karting italiano): "O dia de hoje foi muito agradável, o início matinal foi difícil e as atividades físicas foram muito duras. Mas aprendi muito sobre mim mesmo. É excelente guiar o Nissan 370Z, de novo, na vida real. Ontem foi realmente difícil, pois foi o primeiro dia, e temos de impressionar os mentores e o júri. Falámos sobre isso, há pouco. Todos nós nos esforçámos muito na primeira parte do dia (avaliação e treino físico), o que significa que estamos todos cansados quando chega ao karting. Foi igual para todos, portanto ninguém tinha vantagem. Estou ansioso pelo resto da semana."