Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT
GT Academy

Joga como um Profissional!

O contrarrelógio GT Academy 2011 começou! Para aqueles que ainda não se inscreveram, certifiquem-se de que têm a mais recente atualização do GT5 e inscrevam-se em gran-turismo.com. Para veres informação mais atualizada vai até à página da GT Academy no Facebook em www.facebook.com/gtacademy ou segue-nos no Twitter!

Os vencedores da GT Academy e pilotos de corrida profissionais, Lucas Ordóñez (Espanha) e Jordan Tresson (França), dão algumas dicas sobre como conquistar o Contrarrelógio GT Academy do Gran Turismo® 5 no sistema PlayStation®3.

Tendo tornado realidade os sonhos de mais um piloto virtual em 2010, a prestigiosa GT Academy regressa em 2011, na sua terceira edição. Os mundos das corridas virtual e real unem-se, oferecendo a um felizardo vencedor a hipótese de realizar o sonho de se tornar um piloto de corridas certificado. Para reclamarem o prémio os concorrentes vão mais uma vez ter de enfrentar outros jogadores de seis grupos de territórios da Europa, num contrarrelógio feroz do jogo ultrarrealista Gran Turismo® 5, desenvolvido pela Polyphony Digital para o sistema PlayStation®3. Os 20 melhores concorrentes de cada tabela de classificações de contrarrelógio irão progredir para uma final territorial com a esperança de ganharem um lugar no "Race Camp" internacional e se tornarem os próximos Lucas Ordóñez ou Jordan Tresson. Com Lucas Ordóñez a anunciar a sua participação pela Nissan nas 24 Horas de Le Mans deste ano, aqui vão algumas dicas dos nossos anteriores campeões sobre como seguirem as suas pisadas, começando pela fase de contrarrelógio da GT Academy.

Sentires-te à vontade

De forma a seres bem-sucedido num contrarrelógio competitivo, é importante que te prepares mentalmente para conduzires cerca de duas horas de cada vez sem descansar. Mesmo que saibas que não vais ser rápido ou que nesse dia em particular não te consegues concentrar, faz algumas voltas para que não percas o contacto com a pista. Mais vale fazer 15 ou 30 minutos do que não fazer nada durante dois dias. Lucas sugere conduzir descalço e Jordan recomenda tirar mesmo as meias para uma maior sensibilidade ao usar um volante e pedais. Ambos os pilotos preferem a câmara do para-choques , visto que esta oferece a vista mais clara e desobstruída sobre a pista em frente.

Poderá ser uma boa ideia usar a ajuda da linha de condução durante as primeiras voltas para conheceres um circuito novo, mas começa a explorar os limites a partir da 3.ª ou 4.ª volta e experimenta as tuas próprias linhas.

Encontrar um ritmo

Jordan explica que é mesmo necessário e, pela sua experiência, possível, conduzir horas a fio para se tornar competitivo, portanto é essencial estabelecer um ritmo. Tenta completar as tuas voltas, mesmo que tenhas sido mais lento do que na tua melhor volta anterior, porque poderás chegar ao ponto em que após vários reinícios só conheces bem o começo do circuito. Por mais tentador que possa ser reiniciar após um erro nas primeiras duas curvas, não vais querer estar a fazer uma boa volta e aperceberes-te que não fazes a última secção do circuito há já 20 minutos!

Técnica

O estilo e técnica de condução são fatores muito importantes para conseguires aqueles décimos de segundo que te faltam para bateres os teus rivais. Saber qual a mudança para uma curva em particular pode ter uma grande influência sobre o tempo de volta, portanto como é que escolhes a melhor? Lucas baseia-se na sua experiência de carros de corridas reais e diz que se tiveres dúvidas sobre como fazer uma curva em 3.ª ou em 4.ª, faz a curva em quarta. Tem atenção às rotações quando estás no meio da curva à velocidade mínima. Tens de passar tempo a experimentar mudanças diferentes, mas tipicamente uma mudança mais alta será melhor para reduzir a derrapagem da roda na saída. Jordan acrescenta que, por vezes, vale a pena meter uma mudança acima um pouco mais cedo, principalmente à saída de cotovelos e chicanas lentas.

Sobre as linhas de condução, Lucas recomenda usar a pista na sua totalidade, desde o extremo exterior até ao ápice. Experimenta travar mais cedo e suavemente até ao vértice, depois acelera e vira de forma a que possas chegar à aceleração total o mais depressa possível.

Ultrapassar o limite

Ambos os pilotos concordam que na realidade nunca consegues atingir o limite do que é possível. Serás sempre capaz de ver situações em que podes melhorar, mesmo que seja uma questão de um milésimo de segundo! Inicialmente poderás estar três a quatro segundos atrás, mas após algumas semanas estarás a lutar por décimos e centésimos de segundo. Se estás com dificuldade em bater a tua volta mais rápida, já há uma hora, então estás provavelmente perto do teu limite.

E naquelas situações em que estás a duas curvas da meta e sabes que estás a fazer uma boa volta? Os nervos começam, a pressão aumenta, o teu coração começa a bater mais depressa e é muito fácil deitar tudo a perder. Lucas explica a importância de manter a calma, tendo confiança completa nas próprias capacidades e recorda que há sempre outra oportunidade. O treino prolongado permite-te construir essa confiança antecipadamente, de forma a que quando precisares dela, ela lá esteja.

Perseguidores Fantasma

Durante a etapa de contrarrelógio da GT Academy, as repetições dos melhores pilotos estão disponíveis para serem vistas por todos os concorrentes e podem ser uma boa referência. Ao observar estas voltas, podes aprender linhas de condução melhores para as curvas técnicas e detetar pontos de travagem mais adequados. Para além de veres as repetições, podes transferi-las sob a forma de carro fantasma que podes seguir pela pista.

Ao usarem os seus próprios fantasmas, Jordan e Lucas identificaram tanto as vantagens como as desvantagens a esta abordagem. Ligar brevemente o teu fantasma à saída de algumas curvas, pode dar-te uma ideia de como vais numa volta em particular e podes aplicar essa técnica pelo resto da tua campanha de contrarrelógio . Porém, se conseguires manter-te à frente do fantasma durante a maior parte da volta, podes começar a enervar-te e a sentir mais pressão quando ele começa a aproximar-se! Lucas sugere deixares o fantasma quando os teus tempos de volta se tornam mais competitivos.

Para te manteres atualizado sobre notícias e anúncios, visita a página da GT Academy no Facebook em www.facebook.com/GTAcademy