Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT
GT Academy

O virtual torna-se realidade

O virtual torna-se realidade com a confirmação de Lucas Ordóñez, o vencedor da primeira GT Academy Nissan, nas 24 Horas de Le Mans.

Lucas Ordóñez vai competir na Taça Intercontinental Le Mans pela Signatech Nissan!

 
Salão Automóvel de Genebra, 1 de março de 2011 - Lucas Ordóñez, o vencedor da primeira competição da GT Academy, da Nissan e da PlayStation®, em 2008, irá demonstrar uma vez mais o sucesso da inovadora competição jogador-para-piloto, quando alinhar na grelha de partida das famosas 24 Horas de Le Mans deste ano. O espanhol de 25 anos irá competir na totalidade da Taça Intercontinental Le Mans de 2011, pela equipa Signatech Nissan, ao volante de um carro LMP2 com motor Nissan.
 
Em 2008, A Nissan formou uma equipa com a PlayStation® para colocar a seguinte questão; pode um jogador super-rápido tornar-se um piloto super-rápido no mundo real? Em menos de três anos, Lucas provou que a resposta é um ressonante “sim“, com a sua transformação de novato a piloto de corridas profissional, a ultrapassar as espectativas da comunidade dos desportos motorizados. A sua extraordinária estória atingirá um novo clímax, a 11 e 12 de junho , quando ele alinhar na grelha de partida para competir na corrida mais famosa do mundo, as 24 Horas de Le Mans, na terceira ronda da série de corridas da Taça Intercontinental Le Mans.
 
Lucas esteve entre as 25.000 pessoas mais rápidas que entraram na primeira competição da GT Academy, no jogo Gran Turismo® para a PlayStation®. Conseguiu o lugar para representar Espanha num campo de treino de cinco dias, no circuito de Silverstone no Reino Unido e saiu vitorioso. Entre setembro e o final de 2008, Lucas embarcou num programa de treino de pilotos intensivo, para se qualificar para uma licença internacional de corrida. Com a licença conseguida em tempo recorde, Lucas dirigiu-se para o Dubai em janeiro de 2009 e juntou-se ao antigo campeão de Le Mans e de Grande Prémio, Johnny Herbert na GT Academy Team, competindo nas 24 Horas Internacionais do Dubai, com um Nissan 350Z.
 
Após uma forte demonstração no Dubai, Lucas foi recrutado para conduzir pela Nissan na Taça Europeia de GT4 de 2009, ao lado do britânico Alex Buncombe. A dupla terminou num segundo lugar no campeonato de condutores, mas conseguiu garantir o título de equipas para a RJN Motorsport, com excelentes desempenhos que incluíram uma vitória e três segundos lugares.
 
Lucas regressou em 2010 à Taça Europeia de GT4, ajudando a desenvolver o novo Nissan 370Z GT4. Terminou em quarto lugar na série, apesar de ter perdido uma ronda ao aceitar participar numa corrida no LM P2 em Silverstone, na corrida de 1000 km da Série Le Mans.
 
A velocidade e dedicação de Lucas durante a sua curta carreira como piloto de corrida conquistaram o respeito de muita gente das operações de marketing e competição da Nissan. Em fevereiro de 2011, o fabricante japonês anunciou que ia regressar às 24 Horas de Le Mans e juntar-se à excitante Taça Intercontinental de Le Mans, através de uma parceria com a Signature Racing que verá o motor VK45V8 afinado pela NISMO, equipar os seus carros LMP2, em 2011 e 2012. Lucas foi uma escolha automática para se juntar à equipa, como explica Darren Cox, Responsável Europeu de Marketing de Crossover e Carros Desportivos da Nissan: "Quando iniciámos a GT Academy em 2008, sabíamos que ia revelar novos talentos, mas não podíamos imaginar que a Academy se transformaria num programa de desenvolvimento de pilotos que proporcionaria uma escada para a mais importante corrida do mundo. Com Lucas, provámos com certeza a teoria de que um jogador da PlayStation® pode transferir as suas capacidades para um carro real numa pista de corrida real. O seu progresso, em apenas duas temporadas de corridas, tem sido dramático e é uma prova do nível de realismo dos jogos Gran Turismo® e do conhecimento e apoio que a Nissan foi capaz de fornecer aos jogadores que passaram pela Academy.
 
"A Nissan tem uma grande tradição nos desportos motorizados, internacionalmente, e também somos uma empresa muito inovadora. Por isso, o nosso regresso às 24 Horas de Le Mans com um piloto que descobrimos há três anos, através de uma competição da PlayStation®, poderá ser surpresa para alguns, mas para nós é normal”.
 
Pelo seu lado, Lucas está naturalmente entusiasmado com a oportunidade que lhe foi dada de correr nas lendárias estradas de Le Mans   na famosa corrida das 24 Horas. "Começa a parecer um cliché estar sempre a repetir que estou a viver o meu sonho”, disse o antigo estudante de MBA. "Porém, os últimos três anos têm sido espantosos e é incrível ter-me sido dada agora a oportunidade, pela Nissan, de correr nas 24 Horas de Le Mans, assim como nas outras fantásticas corridas da Série Intercontinental Le Mans. Reconheço que isto é um grande desafio e uma grande honra e estou ansioso por começar em Sebring, lá mais para o final deste mês".
 
A Série Intercontinental Le Mans consiste de sete corridas, em 2011. Começando pelas 12 Horas de Sebring, na Flórida, em 19 de março , inclui uma série de corridas famosas como os 1.000 km de Spa-Francorchamps, na Bélgica, as 24 Horas de Le Mans e a Petit Le Mans em Road Atlanta. O final da série tem lugar na China, em novembro .
 
A competição GT Academy da Nissan e da PlayStation® continua a crescer. Em 2010, na segunda edição, entraram 1,2 milhões de jogadores de toda a Europa. Está a decorrer agora uma nova GT Academy na América do Norte e a terceira competição europeia terá início a 4 de março , com um contrarrelógio virtual, durante seis semanas, no novo jogo Gran Turismo® 5.