Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT
GT Academy

Jordan Tresson vence a GT Academy 2010 da PlayStation® e da Nissan

O francês, de 21 anos, vai competir na Taça Europeia de GT

Jordan Tresson foi anunciado como o vencedor da GT Academy 2010. O francês, de 21 anos, completou hoje um curto teste mano a mano, contra o seu amigo e rival Luca Lorenzini, no novo circuito do Grande Prémio de Silverstone. Cada um fez cinco rapidíssimas voltas, no carro de corrida Nissan 370Z GT4 de 420 CV, que Tresson irá agora pilotar na Taça Europeia de GT de 2010.

O anúncio da vitória de Tresson é o culminar de um processo que teve início em dezembro de 2009, quando o contrarrelógio da GT Academy começou em 17 países. Para entrarem na competição, mais de 1,2 milhões de pessoas transferiram a versão especial do jogo Gran Turismo®, para o sistema PlayStation®3. Os vinte mais rápidos de cada país lutaram por um lugar na final internacional: o "campo de treino" de cinco dias da GT Academy, em Silverstone. Jordan e Luca foram elegidos os melhores entre os 18 finalistas da Academy, pelo júri constituído por Johnny Herbert, Eddie Jordan, Sabine Schmitz e Rob Barff. Durante um intensivo período de seis semanas, competiram todos os fins de semana em várias provas no Reino Unido, para poderem obter uma Licença de Competição Internacional C. Ambos conseguiram as suas licenças no último fim de semana e foram até Silverstone para a sessão de teste, para decidir quem ganharia o prémio final.

O primeiro a ir para a pista foi Lorenzini e o drama surgiu quando se despistou, na curva rápida Woodcote. Com atraso, mas felizmente sem danos causados pelo despiste, Jordan teve que esperar, até depois da pausa do almoço, para se sentar ao volante do fantástico 370Z amarelo brilhante. O francês de nervos de aço completou uma série de voltas rápidas que deixaram a decisão bem clara para Bob Neville, o chefe da PlayStation® Nissan Team.

"Nunca imaginei que acabaria aqui quando estava a jogar na PlayStation®" - comentou com entusiasmo Tresson, um estudante de engenharia automóvel, de Villers La Montagne, no norte de França. - "Isto é espantoso. Correr durante uma temporada completa, na classe GT4, é uma oportunidade incrível, graças à Nissan e à PlayStation®. Queria acreditar que era possível e sei que fiz um bom trabalho, no último fim de semana , em Snetterton, mas nunca se sabe.

Neste momento sinto-me como se não estivesse cá! Este sempre foi o meu sonho. Se pudesse passar todo o meu tempo num carro, passava. Mal posso esperar para regressar a Silverstone, na próxima semana, para a corrida. Tenho tanto para aprender com o Alex Buncombe e muito para melhorar. O Luca e eu continuaremos bons amigos e talvez um dia possamos correr juntos novamente."

"Penso que temos aqui um piloto de corrida", comentou Neville, o chefe da RJN Motorsport. "É fácil trabalhar com o Jordan! Ele ouve, aprende, dá um bom "feedback" e faz o que pedimos. Mas, mesmo assim, tenta ir mais além e tem instinto de corrida. Penso que ao pilotar com o Alex Buncombe, na Taça de GT4, vai aprender imenso rapidamente e vai ser cada vez mais rápido. O 370Z está muito bem e parece que vamos ter um bom ano.

Luca perdeu por pouco e penso que foi, principalmente, devido ao seu desempenho em corrida. Numa pista sem mais ninguém, a diferença entre os tempos de volta dos dois é mínima. Mas, penso que o Luca não lida tão bem com o trânsito como o Jordan. Mantivemos o confronto deliberadamente curto, para aumentar a pressão, e o Luca não resistiu."

Aparentemente, o italiano Luca Lorenzini esperava esta decisão: "Penso que, após o que se passou em Snetterton, no Sábado passado, já sabia que o Jordan tinha vantagem" disse o corredor de 26 anos, de Mantova, no norte de Itália. "Não consigo sentir-me muito desiludido, pois esta experiência foi fantástica. Não só o facto de correr, mas também de viver no Reino Unido, com o Jordan, e os fins de semana com a equipa. Aprendi muito, mas agora vai ser bom poder relaxar e não estou preocupado por voltar à vida normal. Se conseguir apoios, com certeza que continuarei a correr. Estou muito feliz pelo Jordan. Tornámo-nos bons amigos."

Jordan disputará a sua primeira corrida na Taça Europeia de GT4, na corrida de abertura, em Silverstone, a 2 de maio .