Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT
25 Hours of Thunder Hill 2009
REPRODUZIR VÍDEO

REPRODUZIR VÍDEO

Relatório de Evento

Kazunori Yamauchi completa as 25 Horas de Thunderhill

Em Thunderhill Raceway (3 milhas/4,8 km por volta) perto de Sacramento, na Califórnia, tem lugar a corrida de resistência mais longa do mundo: as 25 Horas de Thunderhill, que decorre de 5 a 6 de dezembro . O produtor da série Gran Turismo®, Kazunori Yamauchi, conduziu e terminou com sucesso a corrida de resistência de 25 horas.

O Sr. Yamauchi pilotou ao serviço da famosa equipa "Spoon Sports", que ficou conhecida pelo tuning de carros Honda. Os seus companheiros de equipa eram os pilotos profissionais Tatsuru Ichishima, Naoki Hattori e o jornalista desportivo Sam Mitani. A máquina utilizada foi um carro do Grupo N, o Civic Type R 4 portas de competição, nas cores amarela e azul da Spoon Sports. O carro tinha instalado um motor K20A afinado para os 247 CV, montado num chassis de 1.120 kg com uma caixa manual de 6 velocidades.

O circuito de Thunderhill é comparável ao de Suzuka, mas numa área mais desnivelada. É uma pista de velocidade média-alta, com curvas que podem ser feitas desde a 3.º até à 5.º velocidade, com muitas subidas e descidas. Numa única volta, há três locais de salto sem visibilidade, todos a meio de curvas, o que torna esta pista extremamente difícil. Devido a estes fatores , esta pista requer muito controlo do carro, não apenas horizontalmente, como numa pista normal, mas em três dimensões.

Assombrados por várias penalizações durante a corrida, tais como terem de modificar o tubo de escape devido ao excesso de ruído regulamentar, e uma penalização por abastecimento impróprio, foram forçados a ficar nas boxes quase uma hora. Mas o carro não teve nenhum problema, e terminou a corrida no 23.º lugar da geral, num total de 66 carros, o 7.º da sua classe.

Comentário do Sr. Yamauchi:

Thunderhill foi um circuito totalmente novo, do qual não tinha qualquer tipo de experiência, nem mesmo virtual. As subidas e descidas inclinadas e as curvas com inclinação invertida são inimagináveis em circuitos japoneses e europeus, sendo muito características da América do Norte.

Como estava a conduzir com o Sr. Ichishima, da lendária equipa Spoon, e com o Sr. Naoki Hattori, que tem experiência em F1 e CART, adotei uma condução calma e estável, para não ser uma menos-valia para a equipa.

Por não ter muita experiência na condução em circuito, nem saber o que esperar duma corrida de 25 horas, fiquei muito aliviado por descobrir que a diferença de 20 segundos dos meus tempos para os dos meus companheiros, no início do dia de treinos, foi reduzida quase para zero no início da corrida final. Isto prova que o Gran Turismo® tem um efeito positivo, não apenas em aprender as pistas, mas também a aumentar o nível das técnicas de condução nos próprios condutores, e é bom saber isso.

Correr para uma equipa como a Spoon, com o seu historial reconhecido, liderada por verdadeiros profissionais como o Sr. Ichishima e o Sr. Hattori, deu-me bastante visão e experiência que será muito útil para criar edições futuras do Gran Turismo®.