Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT
Vision Gran Turismo

A Alpine regressa e revela o seu novo protótipo desportivo

No dia 16 de fevereiro, a Alpine, a marca de carros desportivos da Renault, revelou um novo protótipo: o “Alpine Vision”. O produtor da série Gran Turismo, Kazunori Yamauchi, que formou uma excelente relação com a Alpine através do projeto “Alpine Vision Gran Turismo”, marcou presença no evento de revelação e celebrou a nova viagem da marca na companhia de muitas outras celebridades, incluindo Lorde March, o anfitrião do “Goodwood Festival of Speed”.

A Alpine começou por ser uma marca de carros desportivos criada pelo piloto Jean Rédélé, que construía carros desportivos com componentes da Renault. Rédélé queria que os seus futuros clientes sentissem o mesmo que ele sentia ao conduzir nas estradas sinuosas dos Alpes ao volante destes carros desportivos e inspirou-se nestes cumes cobertos de neve para batizar a marca.

O local escolhido pela Alpine para este dia tão importante foi o Mónaco, também conhecido pelo Rally de Monte Carlo. Este é um local histórico para a Alpine, que subiu ao pódio nesta prova em 1971 e em 1973 com o célebre A110.

Na área aberta junto a Port Hercule estavam alinhados cerca de 90 Alpine A110 para celebrar a apresentação do seu novo herdeiro. No evento, organizado numa tenda especial, o próprio presidente e CEO do Renault Group, Carlos Ghosn, revelou um Alpine Vision branco.

O Alpine Vision é um protótipo do desportivo que a Alpine pretende comercializar em 2017. Ainda assim, o carro já se encontra num estado bastante avançado e apresenta um nível de qualidade que seria de esperar encontrar num stand de automóveis. O exterior faz recordar o A110 e a máscara frontal e os painéis laterais exibem linhas características que trazem à memória o seu passado lendário.

Enquanto o A110 tinha o motor traseiro e tração às rodas traseiras, o Alpine Vision apresenta o motor central e tração às rodas traseiras. O carro é alimentado por um motor compacto de 4 cilindros com turbo, o que impulsiona a carroçaria ligeira do carro dos 0 aos100 km/h em 4,5 segundos. A equipa de desenvolvimento da Alpine anunciou que irá afinar ainda mais o seu comportamento e detalhe ao longo do próximo ano, mas já é certo que esta será uma proposta muito atrativa dentro do mercado dos carros desportivos premium.

Charles Gordon-Lennox, Conde de March e Kinrara, e anfitrião do “Goodwood Festival of Speed”:

“O renascimento da Alpine significa que teremos opções muito excitantes quando se trata de escolher desportivos ligeiros e ágeis. Tive o privilégio de abrir o 23º Festival of Speed no ano passado ao volante de um Alpine Celebration Concept e estou ansioso por descobrir como será o carro de produção e de ver em breve mais Alpines a acelerarem pela colina de Goodwood.”

Jean Vinatier, célebre piloto da Alpine:

“Sempre que conduzo um Alpine nos Alpes, sinto-me em casa. Quando conduzia competitivamente, recebi a Coupe d’Or por vencer o rally Coupe des Alpes três vezes seguidas, igualando o recorde de Ian Appleyard e de Stirling Moss. Sempre associei a Alpine com o prazer da condução e com a vitória.”

André Desaubry, presidente do Clube de Donos de Alpine “Association des Anciens d’Alpine”:

“A Alpine é a minha vida, por isso fico muito feliz por assistir hoje ao seu renascimento. Gostaria de pensar que a nossa associação, bem como todos os outros clubes de Alpine espalhados pelo mundo, tiveram uma quota-parte de responsabilidade neste emocionante ressurgimento.”

O comentário de Kazunori Yamauchi:

“Quando era mais jovem, costumava sonhar com Alpines. E ainda o faço – mais do que nunca, e na verdade, esse sonho nunca esteve tão próximo nem tão tangível.”