GT

Please select your country / region

Close Window
Comunidade GT SPORT
PT
TopoRelatórios em DiretoNations CupManufacturer SeriesCalendárioArquivos

Regressar à Lista

FINAL DAS AMÉRICAS
O brasileiro Igor Fraga (IOF_RACING17) é o rei das Américas!
Nations Cup: final da região Américas
05/11/2018

A terceira e última corrida teve lugar em Interlagos. Todos os pilotos conduziram o mesmo carro - o Red Bull X2014 - de modo a proporcionar um confronto que representasse um verdadeiro teste à habilidade dos participantes.
Com duas subidas ao pódio nas primeiras duas corridas, o chileno Fabián Portilla (FT_Mcqueen91) liderava a classificação na entrada para a última prova. Eram poucos aqueles que contavam com um desempenho tão forte deste piloto qualificado através da repescagem, mas que se estabeleceu como uma boa surpresa e um verdadeiro candidato à vitória.
Três pontos atrás de Portilla (FT_Mcqueen91), e com genuínas hipóteses de chegar ao título, encontrava-se o brasileiro Igor Fraga (IOF_RACING17).
O chileno Nicolás Rubilar (FT_NicoR) também era um dos grandes favoritos antes do início do torneio, mas depois dos sérios reveses nas primeiras duas corridas deu por si em sexto lugar na entrada para o confronto final.

A sorte já tinha favorecido Fraga (IOF_RACING17) ainda antes do início da corrida: o confronto final iria decorrer no seu circuito nacional. Como tal, não foi surpreendente vê-lo a conquistar a pole position e a acumular uma vantagem confortável sobre os rivais.

Contudo, Rubilar (FT_NicoR) estava decidido a não abandonar a final da região Américas sem uma vitória, e a sua determinação ficou bem patente numa sequência intensa durante a segunda volta que o levou do oitavo ao quarto lugar.

Na quarta volta começou uma disputa pelo segundo lugar. Infelizmente, resultou na entrada em pião do norte-americano Nick McMillen (GumballCGT), um vencedor da GT Academy com experiência de condução real, e na sua queda para o nono posto.

Na oitava volta Rubilar (FT_NicoR) encontrava-se na segunda posição, mas a tragédia voltaria a atacar.
Entrou em pião na segunda volta e ao fazê-lo perdeu todas as esperanças de protagonizar uma vitória improvável.

O canadiano Jeffrey Gallan (FT_LLOYDZELITE) tinha apresentado prestações medianas nas primeiras duas corridas, tendo terminado em quinto lugar em ambas as provas, mas aqui ganhou um novo fôlego e na penúltima volta deu por si num confronto aceso pelo segundo lugar com o norte-americano Andrew McCabe (TRL_doodle). Foi uma disputa intensa, mas sem incidentes, com ambos os pilotos a respeitarem as linhas do adversário.

Contudo, por esta altura Fraga (IOF_RACING17) já se encontrava em modo de passeio, tendo acumulado uma vantagem de vinte segundos sobre o seu rival mais próximo.

Fraga (IOF_RACING17) provou o seu domínio completo ao longo das 22 voltas.
Apesar de apenas ter conquistado um único título, nomeadamente a Época de Teste 8 da Série Online da Nations Cup, Fraga (IOF_RACING17) levou de vencida a final regional e mostrou a todos o quão talentoso é.

Mas não nos podemos esquecer de Rubilar (FT_NicoR), o piloto mais condecorado das três regiões. O seu talento permanece inquestionável, apesar das prestações dececionantes na final da região Américas.

Feitas as contas, Rubilar (FT_NicoR) não conseguiu lidar com o brilhantismo de Fraga (IOF_RACING17) e acabou por cometer demasiados erros. A deceção deve ter sido enorme, mas no final da corrida o piloto esboçava um sorriso no rosto.

"Estou desapontado com os resultados, mas adorei defrontar os melhores pilotos da região. Agora vou tentar dar o meu melhor para vencer a Final Mundial!"

Rubilar (FT_NicoR) produz vídeos com as suas participações na Série Online. Quando conduz, ele é frio e impassível, mas em pessoa é afável, simpático e generoso.


O campeão da região Américas: o brasileiro Igor Fraga

A primeira corrida foi muito dura para mim. Acho que falhei na minha estratégia. Felizmente, consegui aprender com os meus erros na corrida seguinte. Alcancei um bom desempenho e terminei em primeiro. Vencer a última corrida em Interlagos é algo de muito importante para mim enquanto brasileiro, por isso fiquei muito feliz.

Eu tento sempre dar o meu melhor. Tive de trabalhar muito para chegar onde estou. Sinto-me muito emocionado, é difícil pensar nas palavras certas. Vencer uma corrida no meu circuito nacional e tornar-me o melhor jogador do Gran Turismo nas Américas... É uma experiência especial.

Final da região Américas - Os 10 finalistas

Regressar à Lista