GT

Please select your country / region

Close Window
Comunidade GT SPORT
PT
TopoRelatórios em DiretoNations CupManufacturer SeriesCalendárioArquivos

Regressar à Lista

RELATÓRIO DE EVENTO
Condução de classe mundial e estratégias ousadas marcam o final da série de modelo único
Série de 2021 da TOYOTA GAZOO Racing GT Cup
03/12/2021

Tóquio, Japão (3 dedezembro de 2021) – A TOYOTA GAZOO Racing GT Cup é o prelúdio perfeito para ofim de semana da Final Mundial dos FIA Certified Gran Turismo Championships. Estaprova de modelo único colocou 24 dos pilotos mais rápidos do mundo – selecionadosatravés de uma combinação de competições online e eventos ao vivo – emconfronto ao volante de carros GR de alto desempenho da Toyota. O formato eracomposto por três corridas (Meia-final A, Meia-final B e a Grande Final), com agrelha de partida a estar dividida em dois grupos de 12 nas duas primeirascorridas. Os oito melhores classificados de cada meia-final avançaram para a GrandeFinal, tendo assim 16 pilotos a lutar pelo título de 2021. Também é preciso nãoesquecer que os vencedores dos dois campeonatos anteriores da Toyota GR GT Cup –Mikail Hizal e Takuma Miyazono – viriam a vencer também o título da Nations Cupnesse mesmo ano

Meia-final A: Red Bull Ring

O palco de ambasas meias-finais foi o Red Bull Ring em Spielberg, na Áustria, onde os pilotosteriam de completar 10 voltas ao volante do fantástico Toyota GR Yaris RZ. Antesainda da corrida começar, as emoções ficaram ao rubro quando o piloto japonês TomoakiYamanaka (yamado_racing38) bateu o italiano Valerio Gallo (Williams_BRacer) na poleposition por um milésimo de segundo, ou seja, 0,001 segundos! O brasileiro LucasBonelli (TGT_BONELLI) e o italiano Giorgio Mangano (Williams_Gio) ficaram com aterceira e a quarta posição da grelha

A corrida começousob uma forte chuva, o que levou os pilotos a mostrarem cautela no arranquedevido ao estado escorregadio do piso. O campeão da Nations Cup 2018, obrasileiro Igor Fraga (IOF_RACING17), colou-se ao GR Yaris RZ de Mangano com aintenção de ultrapassar o piloto italiano e subir ao quarto lugar à primeiraoportunidade

Na volta 2, onorte-americano Daniel Solis (PX-7-Lamb) perdeu a tração na curva 3 e embateude forma lateral no carro do japonês Takuma Sasaki (LG-TakuAn_LBC), acabandopor sair de pista e caindo para 12º lugar. Sasaki deu mostra das suashabilidades e conseguiu manter o carro na direção certa, caindo apenas umlugar, para oitavo. Mas para Solis, que recebeu uma penalização de doissegundos pelo incidente, o pódio passou a ser uma miragem.

A ordem da classificação permaneceu praticamente inalterada durante as próximasvoltas, com Yamanaka a manter-se na liderança. Foi na volta 7 que ele começou asentir a pressão intensa da Gallo. O italiano manteve-se colado ao para-choquestraseiro de Yamanaka e tentou a ultrapassagem em cada curva. Na volta seguinte,na curva 2, Gallo finalmente passou para a frente da corrida. Quanto a Yamanaka,as coisas correram-lhe de mal a pior quando, na penúltima volta, travou a fundopara evitar embater no Yaris de Gallo, e Bonelli aproveitou a abertura pararoubar o segundo lugar ao japonês. Entretanto, o espanhol Coque López(coqueIopez14) ultrapassou Fraga e subiu para quinto, terminando assim umreordenamento completo dos primeiros lugares da classificação em apenas duasvoltas.

A corrida terminou com Valerio Gallo a garantir a primeira vitória do dia, seguidopor Lucas Bonelli, Tomoaki Yamanaka, Coque López e Igor Fraga, isto porque GiorgioMangano recebeu uma penalização que o chutou para o sexto lugar. Takuma Sasaki eo piloto tailandês Nathayos Shirigaya (PSC_themiang_FSR) compuseram o restantetop 8

CLASSIFICAÇÃO PILOTO TEMPO
1 Valerio Gallo Williams_BRacer 19:50.390
2 Lucas Bonelli TGT_BONELLI +00.585
3 Tomoaki Yamanaka yamado_racing38 +00.839
4 Coque López coqueIopez14 +02.339
5 Igor Fraga IOF_RACING17 +02.811
6 Giorgio Mangano Williams_Gio +03.137
7 Takuma Sasaki LG-TakuAn_LBC +03.261
8 Nathayos Shirigaya PSC_themiang_FSR +06.960
9 Paul Kandanoleon Noodles8771 +10.248
10 Quincy Vilasco VQS_Sparks +14.343
11 Miroslaw Kravchenko V1_MK01 +14.580
12 Daniel Solis PX-7-Lamb +30.685

Meia-final B: Red Bull Ring

A segundameia-final regressou ao piso molhado do Red Bull Ring, e com os pilotosnovamente ao volante de carros Toyota GR Yaris RZ durante 10 voltas. Na pole paraesta corrida encontrava-se um novato de 16 anos, o japonês Rikuto Kobayashi(TX3_tokari71), seguido pelo compatriota e campeão em título Takuma Miyazono(Kerokkuma_ej20), e com o espanhol Jose Serrano (PR1_JOSETE) e o francês ThomasLabouteley (TX3_Aphelion) a ocuparem a segunda fila.

Os carros arrancaram sem incidentes, conduzindo em fila única ao longo dasprimeiras duas curvas. Contudo, na curva 3, Miyazono decidiu pressionar Kobayashi,tocando-lhe algumas vezes antes de recuar um pouco. Mas a manobra saiu-lhe caraporque Serrano, em grande forma, viu uma oportunidade e levou o seu GR Yaris a passarpor Miyazono na curva seguinte, subindo para o segundo lugar

A classificaçãopermaneceu inalterada durante a primeira metade da corrida, com os seteprimeiros pilotos bem agrupados. Não existiam mais de sete décimos de segundo aseparar cada carro. A grande surpresa foi ver como Kobayashi manteve a calma, segurandoa liderança apesar do facto de ter dois fortes candidatos à vitória nos FIAGran Turismo Championships logo atrás de si. Enquanto todos que assistiam emdireto antecipavam as tentativas de ultrapassagem de Serrano e Miyazono,Kobayashi foi-se defendendo e manteve os rivais afastados. No final, viu abandeira axadrezada e ainda conquistou a pole position na grelha da GrandeFinal graças ao seu tempo na Meia-final B. O top 6 da classificação ficou aindacomposto por Serrano, Miyazono, Labouteley, o tailandês Ben Chou (Gmotor_SBen)e o australiano Andrew Lee (PX7-AmazingHour), que se defendeu de forma exímiados avanços do português Carlos Salazar (pcm_stj) para segurar o sexto posto. Onorte-americano Kevin Pounder (PX7-Windfire1528) conseguiu garantir o últimolugar da qualificação graças ao seu oitavo lugar

CLASSIFICAÇÃO PILOTO TEMPO
1 Rikuto Kobayashi TX3_tokari71 19:50.197
2 Jose Serrano PR1_JOSETE +00.116
3 Takuma Miyazono Kerokkuma_ej20 +00.318
4 Thomas Labouteley TX3_Aphelion +00.493
5 Ben Chou Gmotor_SBen +01.140
6 Andrew Lee PX7-AmazingHour +01.290
7 Carlos Salazar pcm_stj +01.706
8 Kevan Pounder PX7-Windfire1528 +06.082
9 Baptiste Beauvois R8G_TSUTSU +06.119
10 Angel Inostroza YASHEAT_Loyrot +07.740
11 Sami-Joe Abi Nakhle WeD_Sami-Joe05 +14.080
12 Dean Heldt Deano_solo +14.796

Grande Final: Circuit de la Sarthe

A grelha estavapreparada para a Grande Final da TOYOTA GAZOO Racing GT Cup, seguindo a ordemda classificação final das duas meias-finais anteriores (pole para a Meia-finalB mais rápida, segundo lugar para o vencedor da Meia-final A e por aí fora). Erao momento da verdade para os 16 pilotos que tinham chegado até aqui. Na pole encontrava-seo piloto japonês Rikuto Kobayashi, seguido pelo italiano Valerio Gallo. Logoatrás deles encontravam-se o espanhol Jose Serrano e o brasileiro LucasBonelli, enquanto a dupla japonesa composta por Takuma Miyazono e TomoakiYamanaka ocupava o quinto e sexto lugar. A final assumia a forma de um sprintde seis voltas em torno do Circuit de la Sarthe – palco das 24 Horas de Le Mans– com o fantástico e equilibrado Toyota GR 86. Os pilotos teriam de fazer pelomenos uma paragem nas boxes, mas não estavam obrigados a reabastecer nem atrocar de pneus.

No arranque, oscarros debateram-se de forma incessante para conquistar posição, e Miyazono conseguiupassar por Bonelli para subir ao quarto lugar, mas a conquista foi fugaz e ojaponês voltou a ceder o lugar na curva seguinte. Os 16 carros GR 86 alcançavamos 240 km/h na reta de Mulsanne e assentaram numa formação de fila única, cadaum deles na tentativa de aproveitar o cone de aspiração do rival à frente demodo a preparar uma ultrapassagem à entrada da curva de Mulsanne. No final davolta 1, o espanhol Coque López, que se encontrava em 10º, foi o primeiro aentrar nas boxes para cumprir a sua paragem. Chegados ao final da volta 2, osoito primeiros carros estavam separados dos restantes por 5 segundos. No finaldesta volta, quase todos os carros visitaram as boxes, com a exceção dos quatrolíderes – Kobayashi, Gallo, Serrano e Bonelli – que optaram por se manterem empista.

Na volta 3 deu-seum duelo feroz entre Gallo e Kobayashi. O piloto italiano passou pelo japonêsna primeira parte da reta de Mulsanne (antes da chicana Forza), mas Kobayashi devolveuo favor e recuperou a liderança na mesma reta! De seguida, Gallo voltou a subirpara primeiro com uma ultrapassagem por dentro na Curva de Mulsanne (curva 9).

Entretanto, Miyazono, que já tinha efetuado a sua paragem e que estava emsexto, começou a encolher a distância que o separava dos líderes da corrida. Noinício da volta 4, estava a 11,5 segundos de Bonelli, em quarto lugar, mas issomudaria em breve quando o brasileiro e os restantes pilotos entrassem nas boxes.

Kobayashi roubou a liderança a Gallo na volta 4 na Curva Indianapolis (curvas 10e 11), mas entrou nas boxes pouco depois. O que surpreendeu muitos espetadoresfoi o facto de Gallo e Serrano se manterem em prova, certamente na esperança deacumularem uma grande vantagem com a pista desimpedida, mas arriscavam perdervelocidade com os pneus desgastados.

Quando Kobayashi regressouà pista, deu por si em sexto lugar, atrás de Miyazono e Yamanaka. Bonelli regressouà corrida num dececionante nono lugar. Com apenas duas voltas por disputar,Gallo e Serrano mantinham uma vantagem de 11 segundos sobre o trio japonêscomposto por Miyazono, Yamanaka e Kobayashi. A questão era: seria suficiente?

No final da volta5, Gallo e Serrano entraram finalmente nas boxes. Todos estavam na expetativade descobrir se a estratégia dos pilotos tinha compensado... mas a resposta foinegativa. Voltaram a entrar na corrida em sexto e sétimo, respetivamente,entregando a liderança a Miyazono. Agora, com uma volta por disputar, estavatudo em aberto. Yamanaka, em segundo lugar, atacou no início da reta de Mulsanne,roubando a liderança a Miyazono, que a recuperou logo de seguida no final dareta. Faltavam poucas curvas para acabar a corrida quando Tomoaki Yamanaka deuo tudo ou nada na Curva Indianapolis (curva 11), deixando Miyazono para tráscom uma brilhante manobra de ultrapassagem. E não voltou a olhar para trás, cortandoa meta em primeiro com um festejo entusiasmante.

Quanto a TakumaMiyazono, embora tenha sido batido por uns meros quatro décimos de segundo,protagonizou um fantástico desempenho. O terceiro lugar foi para o novato RikutoKobayashi, o que entregou todo o pódio ao Japão na Grande Final da TOYOTA GAZOORacing GT Cup 2021.

Resultados da Série de 2021 da TOYOTA GAZOO Racing GT Cup

CLASSIFICAÇÃO PILOTO TEMPO
1 Tomoaki Yamanaka yamado_racing38 29:44.474
2 Takuma Miyazono Kerokkuma_ej20 +00.362
3 Rikuto Kobayashi TX3_tokari71 +00.445
4 Coque López coqueIopez14 +01.171
5 Valerio Gallo Williams_BRacer +02.003
6 Lucas Bonelli TGT_BONELLI +02.262
7 Thomas Labouteley TX3_Aphelion +02.685
8 Giorgio Mangano Williams_Gio +10.149
9 Jose Serrano PR1_JOSETE +10.624
10 Igor Fraga IOF_RACING17 +14.599
11 Carlos Salazar pcm_stj +14.632
12 Takuma Sasaki LG-TakuAn_LBC +14.856
13 Ben Chou Gmotor_SBen +16.128
14 Andrew Lee PX7-AmazingHour +17.730
15 Kevan Pounder PX7-Windfire1528 +20.985
16 Nathayos Shirigaya PSC_themiang_FSR +26.752
TOYOTA GAZOO Racing GT Cup 2021 | Final
Conseguirá o campeão em título Takuma Miyazono conquistar o ...

Regressar à Lista