Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT

 RESUMO DA GT ACADEMY EUROPA 2015

RESUMO DA GT ACADEMY EUROPA 2015

A edição de 2015 da GT Academy Europa provou ser um novo início para a competição, com uma remodelação completa que passou por um novo sistema de qualificação e a mudança do Race Camp tradicional do Silverstone Circuit para o clima soalheiro e o calor escaldante do Yas Marina Circuit em Abu Dhabi.

O sistema de qualificação para o Race Camp foi simplificado em 2015, colocando uma ênfase ainda maior nas capacidades aos controlos do Gran Turismo®6. Sem finais nacionais, os potenciais finalistas tiveram de se fazer notar apenas através do seu ritmo competitivo. Aos concorrentes que participaram online, juntaram-se outros de eventos ao vivo que decorreram em toda a Europa em locais como o Goodwood Festival of Speed, no Reino Unido, e a final da Liga dos Campeões da UEFA, em Berlim.

Em outubro de 2015, os 56 jogadores do Gran Turismo mais rápidos da Europa, em representação de 11 nações diferentes, deslocaram-se até ao Yas Marina Circuit para uma semana que iria mudar a vida de um dos concorrentes.

PENÍNSULA IBÉRICA BENELUX REINO UNIDO EUROPA DE LESTE E CENTRAL
Adrià Pérez Soler (ESP) (19) Tommy Van der Donckt (BÉL) (26) Thom King (19) Jakub Brzezińsk (POL) (19)
Marc Sánchez (ESP) (21) Stijn Govaerts (BÉL) (18) Ben Bishop (24) Jakub Strumidło (POL) (23)
Joaquin Ferrer (ESP) (28) Emile De Dryver (BÉL) (22) Melvyn Abraham-Hagan (22) Mateusz Więch (POL) (23)
Victor Prim (ESP) (24) Simon Duterme (BÉL) (26) Mathieu Gauthier-Thornton (20) Nikodem Wisniewski (POL)(20)
Fábio Miguel Canhoto Ramalhinho (POR) (23) Kevin Mostert (HOL) (22) Fábio Assunção Michal Bašta (CHE) (27)
Alexandre Miguel Lucas Gregório (POR) (39) Kevin de Kruijf (HOL) (24) Edward Dunford (31) Jan Malina (CHE) (31)
Pedro Miguel Freitas Martins (POR) (25) Sander van Os (HOL) (31) Jimbo Garner (26) Balázs Szenpéteri Horváth (HUN) (25)
Tiago Filipe Pinto Carvalho (POR) (20) Arjan Remmelt Veltens (HOL) (22) James Irani (21) Benjamin Báder (HUN) (24)
FRANÇA ITÁLIA ALEMANHA  
Charles-Aimé Clerc (27) Alessandro D'Aprile (38) Florian Becker (26)  
Davy Decorps (32) Edoard Pirozzi (19) Petar Hristov (40)  
Henrik Thouvenel (25) Federico Agosta (26) Thomas Kiefer (22)  
Jeremy Lamier (26) Simone Maria Marcenò (21) Pascal Fuhrmann (21)  
Hug Gustinelli (27) Michele Onnis (22) Nick Schulte-Wissermann (20)  
Badr El Maadoudi (27) Zizzio Errede (31) Mario Schulze (28)  
Jordan Mageot (24) Manuel Crippa (29) Georg Kiefer (27)  
Romain Sarazin (21) Claudio Morelli (28) Corbinian Henle (28)  

O Race Camp em Abu Dhabi colocou os concorrentes à prova através de uma variada gama de desafios, incluindo uma exigente pista de obstáculos sob o calor escaldante do deserto e uma corrida frente a frente na ‘Ponte para Nenhures’ ao volante do Nissan GT-R. Ao longo da semana os concorrentes conduziram vários carros, incluindo buggies no deserto, o Nissan Juke NISMO, o Nissan 370Z de competição e o Nissan GT-R.

As condições atmosféricas foram um fator determinante em todos os desafios devido ao elevado nível de humidade, levando assim a que os participantes em melhor forma física partissem em vantagem. Isto tornou-se evidente durante a brutal corrida nas dunas com buggies no estonteante deserto de Rub’ al Khali, com 650 mil quilómetros quadrados de areia e temperaturas tão altas que derretiam as peças de plástico dos buggies.

Os mentores das equipas, que incluíam personalidades como Max Chilton e Tim Coronel sob a coordenação do jurado principal Rob Barff, ofereceram apoio aos aspirantes a pilotos com os seus conselhos e orientações. A decisão mais dramática foi tomada perto do final, pelo mentor alemão JP Kraemer: os seus dois últimos concorrentes, para além de terem uma prestação muito semelhante em pista, eram também irmãos.

Acabou por ser Thomas, o mais jovem dos irmãos Kiefer, o escolhido para a última corrida, juntando-se assim aos outros seis campeões de cada território para um evento final que decidiria o vencedor da GT Academy Europa 2015. O vencedor desta última corrida sagrava-se campeão, e como tal, estava tudo em jogo.

CAMPEÕES POR TERRITÓRIO
Ben Bishop (Reino Unido)
Romain Sarazin (França)
Nikodem Wisniewski (Europa Central e de Leste)
Victor Prim (Península Ibérica)
Emile de Dryver (Benelux)
Simone Maria Marcenò (Itália)
Thomas Kiefer (Alemanha)

Os sete pilotos finais mostraram possuir o calibre necessário para se assumirem como atletas NISMO, tendo completado uma corrida sem falhas e com várias manobras defensivas e de ultrapassagem impressionantes. Mas no final, apenas um piloto se destacou: o francês Romain Sarazin que, após ultrapassar Ben Bishop na primeira curva, continuou a prolongar a sua liderança e viu a bandeira axadrezada com algum conforto.

Romain Sarazin foi coroado vencedor da GT Academy Europa 2015 e encontra-se agora no Programa de Desenvolvimento de Piloto da Nissan Motorsport.