Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT

RECAPITULAÇÃO DA TEMPORADA 2014 DA GT ACADEMY EUROPEIA

RECAPITULAÇÃO DA TEMPORADA 2014 DA GT ACADEMY EUROPEIA

Depois da estreia do Gran Turismo®6, durante a GT Academy 2013, 2014 prometia subir ainda mais a fasquia, pois os participantes já estão familiarizados com o novo jogo. Como resultado, centenas de milhares de jogadores por toda a Europa tentaram a sua sorte na qualificação para a sua final regional, com a esperança de irem mais além.

Para além da tradicional qualificação através do jogo Gran Turismo 6 na PlayStation®3, a qualificação de 2014 trouxe a novidade de uma forma de participação através de um jogo grátis no Facebook. Isto tornou a competição mais acessível do que nunca, permitindo que os participantes se qualificassem para uma final de jogo especial antes das respetivas finais regionais. Isto mostrou-se fonte de sucesso para alguns, como o britânico Alex Porazinski, que se qualificou através do Desafio Facebook e avançou até ao Race Camp. Para além do novo jogo no Facebook, os eventos ao vivo, já populares e de grande sucesso, regressaram por toda a Europa, com cabines Gran Turismo®6 disponíveis em eventos que incluíram as 24 Horas de Le Mans e o Goodwood Festival of Speed.

As finais regionais decorreram em locais adequados, por toda a Europa, como o Ascari Circuit em Espanha e o Circuit de Spa-Francorchamps na Bélgica. Estas finais regionais também tiveram um novo formato, em 2014, pois todos os concorrentes participaram em desafios de jogo, condução, forma física e media, sendo que todos os elementos tinham o mesmo peso.

Vitoriosos nas suas finais regionais, e carregando as esperanças de jogadores de 12 países diferentes, 42 jogadores chegaram a Silverstone para uma semana que seria dura para todos e que mudaria a vida de um.

BENELUX FRANÇA IBÉRIA ITÁLIA
Cédric Wauters (19) (Bel) Matthieu Verrier (27) Cristian Manzano (20) (Esp) Alessandro Albano (33)
Kenny Herremans (30) (Bel) Gaëtan Paletou (22) Rafael Tourón (29) (Esp) Ariel Bernardi (29)
Laurens Beerten (24) (Bel) Loïc Lanoë (26) Andrés Estrada Del Rio (26) (Esp) Lorenzo Radice (30)
Paul Broekmeulen (31) (Hol) Matthieu Verrier (27) Carlos Martínez Alonso (27) (Esp) Luca Guerra (24)
Rick Lubberding (19) (Hol) Gaëtan Paletou (22) Sérgio Fonseca (31) (Por) Pietro Punzo (22)
Kevin Scholtes (21) (Hol) Maxime Batifoulier (20) Filipe Rodrigues (21) (Por) Riccardo Massa (21)
RÚSSIA SUE / POL / RCH RU  
Andrei Agafonov (36) Alexander Haegermark (30) (Sue) Alex Porazinski (36)  
Taras Shatov (23) Kimmy Larsson (19) (Sue) Ben Spurge (18)  
Vitalii Berchikov (23) Michal Šmídl (19) (Rch) Karl Chard (26)  
Dmitry Lebedev (31) Antonin Blaha (31) (Rch) Shane Green (29)  
Andrei Trofimov (33) Kamil Franczak (24) (Pol) Stuart Millar (21)  
  Maciej Pawlowski (21) (Pol) Luke Wilkins (20)  

Do humilde stock car Nissan Micra de competição ao Nissan GT-R, carinhosamente conhecido como ‘Godzilla’, a variedade de carros disponível para os concorrentes atingiu novos níveis, em 2014. Em várias etapas ao longo da semana, os concorrentes deram por si ao volante do Nissan Juke NISMO, do Nissan 370Z NISMO, de monolugares, de protótipos de Le Mans, de Nissan 370Zs de competição, de buggies todo o terreno e até de ‘Crazy Carts’ elétricos!

Como sempre acontece na GT Academy, eram necessárias eliminações para encontrar um campeão de território em cada grupo, e algumas das decisões de eliminação foram mais duras do que outras. Nenhuma equipa sentiu tanto este problema como a de Benelux. O júri Tim Coronel teve de fazer uma escolha muito difícil entre dois concorrentes muito talentosos, no último dia, Laurens Beertens e Cédric Wauters. No entanto, só um poderia representar a região e a experiência de Tim levou-o a optar por Cédric, pondo fim, com tristeza, aos sonhos de corrida de Laurens.

A gama de testes a que os concorrentes foram submetidos foi maior do que nunca, em 2014. Para além das atividades em circuito, incluindo desafios de ultrapassagem, corridas de gincana e competição mano a mano, os concorrentes tiveram de mostrar a sua resistência, tanto física como mental, através de desafios exigentes como o já famoso percurso de assalto Mud Mayhem (Caos na Lama), que conta com cercas eletrificadas e banhos gelados, desafios de mudar pneus e uma prova física abrangente.

Com o apoio e orientação dos júris, incluindo Rob Barff, René Arnoux e Mark Shulzhitskiy, bem como da sabedoria do Júri Responsável, veterano da GT Academy e favorito no paddock de F1 Johnny Herbert, os concorrentes tiveram também a oportunidade de impressionar o próprio Kazunori Yamauchi, que festejou o seu aniversário no Race Camp, ao lado da lenda do Ciclismo Olímpico, Sir Chris Hoy.

Por fim, todos os olhares se centraram na corrida final e os sete campeões regionais, que tinham lutado para chegar até aqui, estavam agora apenas a uma corrida de oito voltas de distância da glória. No entanto, um problema técnico com dois carros exigiu uma nova qualificativa, com os dois tempos mais lentos a caírem, deixando apenas cinco pilotos na corrida final da GT Academy 2014.

Corrida Final dos Campeões Regionais
Benelux – Cédric Wauters (Bélgica)
França – Gaëtan Paletou
Ibéria –Filipe ‘Pipo’ Rodrigues (Portugal)
Itália – Riccardo Massa
RU – Karl Chard
Rússia – Dmitry Lebedev – Eliminado na Qualificativa
SuePoRch – Kamil Franczak (Polónia) – Eliminado na Qualificativa

Tal como era apropriado para uma semana tão dramática, a corrida começou com um incidente na primeira curva, com fortes danos do italiano Riccardo Massa, que perdeu uma roda e terminou na gravilha. Pipo Rodrigues, Ibéria, também sofreu danos e foi forçado a retirar o carro do incidente. Isso deixou o francês Gaëtan Paletou no controlo da corrida. Ele acabou por passar à frente do britânico Karl Chard, que sofreu uma falha nas mudanças durante a corrida mas conseguiu, de forma impressionante, fazer o carro cruzar a meta em terceiro, e por fim do carro danificado de Cédric Wauters, Benelux.