Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT

GT ACADEMY EUROPEIA DE 2013 RECAPITULAÇÃO DA TEMPORADA

GT ACADEMY EUROPEIA DE 2013 RECAPITULAÇÃO DA TEMPORADA

A GT Academy de 2013 ofereceu uma oportunidade especial aos fãs do Gran Turismo® – a ronda de qualificação, em julho, foi feita através de uma demo exclusiva do altamente antecipado Gran Turismo®6, seis meses antes do jogo completo ter sido lançado. Em apenas quatro semanas, 765 000 jogadores em 16 países europeus transferiram a demo e completaram os níveis do GT6™ temáticos da GT Academy para desbloquearem a ronda final de qualificação. A demo decorria no Silverstone Circuit; era a primeira vez que este circuito surgia na série Gran Turismo e era o local perfeito para a competição, uma vez que Silverstone é já por tradição o lar do Race Camp da GT Academy.

Entretanto, decorriam Eventos ao Vivo por toda a Europa, para dar uma oportunidade a quem não tinha hipótese de chegar aos lugares de topo, que os qualificariam, em casa. Competições em eventos como o Goodwood Festival of Speed do RU e as 24 Horas de Le Mans, em França, permitiram que os jogadores mais rápidos das mesmas entrassem diretamente nas suas Finais Nacionais, ao lado dos melhores qualificados online.

No total, 42 jogadores chegaram a Silverstone em setembro de 2013, cada um convicto de que se tornaria o próximo Campeão da GT Academy Europeia.

FRANÇA ITÁLIA RU
Geoffrey Belloeil (23)
Adrien De Monte (24)
Jérémy Bouteloup (21)
Joël Cincinnatus (20)
Judicael Lagrange (28)
Arnaud de Crepy (33)
Juiz: René Arnoux
Líder da Equipa: Richard Cuene-Grandidier
Alessandro Zedda (22)
Egeo Garofalo (26)
Ivan Brigada (33)
Marco Milio (31)
Michele Radicioni (19)
Minh Tuan Nguyen (23)
Juiz: Vitantonio Liuzzi
Líder da Equipa: Luca Lorrenzini
John Foster (18)
Adam Suswillo (21)
Mark Ridout (21)
Martin Hefferon (23)
Shane Ward (21)
Neil Williams (28)
Juiz: Paul O’Neill
Líder da Equipa: Tiff Chittenden
IBÉRIA BENELUX NÓRDICOS
Daniel Aparicio (21) (Esp)
Daniel Flores (23) (Esp)
Oscar Ruiz (20) (Esp)
Miguel Ballester (19) (Esp)
Francisco Pereira (22) (Por)
Miguel Faísca (24) (Por)
Juiz: Lucas Ordoñez
Líder da Equipa: Gonçalo Gomes
Romain Delva (21) (Bel)
Nicolas Beguin (26) (Bel)
Nicola Saponari (26) (Bel)
Stefan de Groot (26) (Hol)
Mario Gankema (30) (Hol)
Bart Jansen (19) (Hol)
Juiz: Tim Coronel
Líder da Equipa: Wolfgang Reip
Filip Larsson (19) (Sué)
Jani Vilen (27) (Fin)
Timo Koskela (32) (Fin)
Jesper Pedersen (22) (Nor)
Soren Hansen (29) (Din)
Milan Pokrajac (22) (Nor)
Juiz: Stefan Johansson
Líder da Equipa: Risto Virtanen
EUROPA CENTRAL E DE LESTE    
Petr Doležal (26) (RC)
Jacek Górlicki (19) (Pol)
Pawel Ledwoń (25) (Pol)
Erik Lestach (19) (Esl)
Martin Hudy (31) (Esl)
Daniel Sinka (23) (Hun)
Juiz: Josef Král
Líder da Equipa: Alex Buncombe
   

O Race Camp assistiu aos finalistas ao volante do Nissan 370Z NISMO, Nissan Juke NISMO e do grande Nissan GT-R, bem como à sua participação numa corrida de stock car com Nissan Micra e à primeira oportunidade de guiarem monolugares.

As eliminações ao longo da semana foram reduzindo cada grupo de seis, até à coroação do campeão no penúltimo dia. Algumas eliminatórias foram mais duras do que outras. O "Confronto direto", em que dois adversários se defrontavam mano-a-mano em carros Nissan Juke NISMO idênticos, retirou a decisão das mãos dos juízes, mas teve muita tensão e por vezes foi muito renhido, especialmente no circuito molhado. Entre Bart Jansen e Nicolas Beguin, de Benelux, foi tão renhido que foi preciso a foto do cortar da meta! Eles tiveram depois uma espera nervosa, enquanto os juízes viam as filmagens para definir quem tinha cruzado a linha da meta primeiro - sendo Nicolas anunciado vitorioso, por uma margem mínima.

Uma das atividades mais populares foi um percurso de assalto dentro e em volta dos hangares de uma antiga base aérea dos EUA, concebido para testar o controlo avançado do carro. Foram preparados vários desafios e distrações, com raios laser, armas de paintball e balões de água gigantes, ensinando aos finalistas como concentrarem-se na condução enquanto esperam o inesperado.

Fora do circuito, os concorrentes tiveram de lutar num exigente teste de aptidão física de cross-country, submeter-se a testes de reação, ter aulas de desporto e psicologia de condução, bem como assistirem às aulas teóricas para conseguirem a sua licença de corrida ARDS.

Mas nem tudo foi trabalho árduo. O QG do Race Camp tinha cabines de jogo PlayStation® com a demo GT6 de Silverstone disponível para jogarem durante os tempos livres. Com os melhores jogadores de Gran Turismo da Europa presentes, era difícil arrastá-los para longe do jogo. Até os juízes se envolveram, com Tonio Liuzzi desesperado por conseguir o tempo de volta mais rápido de todos os pilotos profissionais. Os concorrentes gostaram de dar a volta à situação e darem eles dicas aos mentores, para variar!

A lenda das corridas Johnny Herbert voou até ao local para se juntar ao Race Camp logo a seguir ao Grande Prémio de Itália. Era o seu quinto Race Camp da GT Academy, mas a primeira vez como Juiz Responsável Internacional. Com uma grande decisão para tomar, ele levou o seu papel muito a sério, mas claro que não perdeu o seu usual bom humor. Johnny tinha um alinhamento de estrelas a assisti-lo como juízes, incluindo mais três ex-pilotos de Fórmula 1 – René Arnoux, Stefan Johansson e Vitantonio Liuzzi.

Jann Mardenborough, campeão da GT Academy de 2011, comemorou o seu 22º aniversário no Race Camp, a 9 de setembro. O Race Camp exige uma dieta saudável rigorosa, mas foi aberta uma exceção para o bolo de aniversário! Jann seguiu depois para Hockenheim, para um teste de Fórmula 3 muito importante.

CAMPEÕES DOS TERRITÓRIOS
Jeremy Bouteloup, França
Minh Tuan Nguyen, Itália
Adam Suswillo, RU
Miguel Faísca, Portugal
Romain Delva, Bélgica
Filip Larsson, Suécia
Petr Doležal, República Checa

Os sete campeões territoriais defrontaram-se depois na sua última hipótese de provarem o seu talento a Johnny e à sua equipa de juízes. Mesmo a tempo, a chuva começou a cair assim que tudo começou. Num momento dramático, o esperança belga Romain Delva derrapou no piso molhado e passou da liderança para o final do grupo, não conseguindo recuperar o tempo perdido. Entretanto, Adam Suswillo do Reino Unido impressionou, lutando pelo segundo lugar enquanto Miguel Faísca de Portugal tomava a liderança e corria de forma impecável até ver a bandeira.

Após a deliberação final dos juízes, Miguel Faísca foi anunciado Campeão da GT Academy Europeia de 2013. Tinha demonstrado uma presença forte toda a semana e resistiu a uma pressão intensa vencendo as suas duas corridas no dia da final, mostrando que era merecedor da coroa. Após um Programa de Desenvolvimento de Piloto intensivo durante o inverno de 2013, para obter a sua licença internacional de corrida, Miguel realizou o seu sonho de se tornar um piloto de corrida. Terminou no degrau mais alto do pódio nas 24 Horas do Dubai, em janeiro de 2014, na sua primeira corrida internacional, e está a competir como um dos Atletas NISMO de elite da Nissan na Blancpain Endurance Series, na temporada de 2014.