Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT

 RESUMO DA TEMPORADA 2012 DA GT ACADEMY EUA

RESUMO DA TEMPORADA 2011 DA GT ACADEMY EUA

A temporada de 2012 da GT Academy mostrou-se a mais competitiva até então, com mais de 400 000, por toda a América do Norte, a participarem na qualificação online, através de um evento GT Academy especial do Gran Turismo, transferido da PlayStation Store.

32 pilotos chegaram a San Diego em julho, onde competiram mano-a-mano em desafios virtuais do Gran Turismo 5, correndo em vários circuitos para conseguirem o máximo de pontos.

A seguir às Finais Nacionais, 16 jogadores chegaram a Silverstone com pouco conhecimento do que esperar. Assim que chegaram foi notório que o alinhamento de juízes também tinha mudado.

O famoso piloto campeão de Indy 500 Danny Sullivan tinha consigo Maryeve Dufault, campeã de kart e a primeira canadiana da série Nascar Nationwide e Boris Said, duas vezes campeão nas 24 Horas de Daytona e o único Americano que já ganhou as 24 Horas de Nurburgring.

Os 16 melhores pilotos começaram a semana com um desafio de classificação de tempo de volta num Nissan 370Z no Silverstone – Stowe Circuit. Só 14 sobreviveram, no fim do dia. Os seus níveis de aptidão física foram então levados ao limite, através de um quadratlo, seguido de um teste de controlo de carro num desafio de drift concebido especialmente, em que os jogadores tinham de deitar abaixo 8 alvos em 8 padrões.

No final do segundo dia só restavam 10 jogadores

O ponto alto da semana chegou quando os jogadores foram colocados em aviões de voo acrobático para testarem a sua capacidade física de suportar forças G. Os aviões atingiam as 200 milhas por hora, chegando a 6 Gs positivos, no limite.

Os desafios com carros tornaram-se reais no final do terceiro dia, com cada jogador a enfrentar um desafio de ultrapassagem, com o “Godzilla”, o Nissan Skyline GT-R de 530 CV. O objetivo era simples: há quatro carros no circuito, três com instrutores. O jogador no quarto carro começa no fim do grupo e tem de chegar à frente em três voltas no Stowe Circuit.

A seguir ao terceiro desafio de classificação de tempo de volta no Stowe Circuit, Steve Doherty e Matt Cresci foram colocados num frente-a-frente, o jogador com o tempo mais rápido ficava, o mais lento ia para casa. No que foi um dos frente-a-frentes mais memoráveis da história da GT Academy, Doherty saiu com a coroa da vitória, estabelecendo o recorde de volta no Stowe Circuit entre todos os pilotos GT Academy anteriores

Na final da semana, depois de terem vencido 400 000 concorrentes, só restavam 4 jogadores e estavam apenas a uma corrida de serem o próximo Campeão da GT Academy e piloto profissional da Nissan.

1. Jett Chandler
2. Steve Doherty
3. Austin Cobb
4. Jeff Stuart

À bandeira verde, Chandler fugiu, com uma partida limpa, mas cometeu um erro e falhou a segunda mudança, dando a Doherty e Cobbs a oportunidade de tomarem o 1º e 2º lugares antes da primeira curva.

Doherty conseguiu ganhar algum espaço de liderança e dominou a primeira metade da corrida. Depois, na 7ª volta, Cobbs cometeu um erro crítico e Chandler retomou o 2º lugar e conseguiu ganhar tração sobre Doherty sendo meio segundo mais rápido na volta seguinte. Mas apanhá-lo e ultrapassá-lo eram duas coisas diferentes.

Ao entrar na última curva, Chandler conseguiu aproximar-se, mas Steve Doherty viu a bandeira axadrezada após uma corrida de 10 voltas no National Circuit e tornou-se o Campeão GT Academy de 2012.

Após um programa de treino rigoroso no Reino Unido, Doherty competiu nas 2 Horas do Dubai com os seus companheiros Campeões da GT Academy em carros de corrida Nissan 370Z GT4. A sua temporada de corrida de 2013 continuou com a série Blancpain onde ele ganhou experiência em Monza e Nurburgring, e GT3 em Spa.

Atualmente, Steve Doherty corre com Bryan Heitkotter (Campeão da GT Academy de 2011) com a 2014 Continental Tire SportsCar Challenge no Street Touring class CA Sport / Skullcandy Altima Nº 34.