Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade GT SPORT
PT

bryan heitkotter

2011 EUA
Bryan Heitkotter
Nascimento : 13 de fevereiro de 1981
Naturalidade / Residência : Fresno, Califórnia, EUA / Fresno, Califórnia, EUA
Conquistas:
Vencedor da GT Academy dos EUA de 2011 da Nissan e PlayStation®
Séries de 2012 do Grand Am Continental Tire Challenge, Indianapolis Motor Speedway, Pódium
Séries de 2012 do Grand Am Continental Tire Challenge, Mid-Ohio, Pódium
Campeão da Classe STX de SCCA Solo Nationals de 2012
Nove finais no pódio em vários circuitos do RU
British GT Championships, Brands Hatch, 1º na Classe (5º na Geral) em 2012
24 Horas do Dubai, 3º na Classe em 2012

Perfil:

A paixão de Heitkotter pela condução foi crescendo com a idade, à medida que desenvolvia as suas capacidades com os jogos de vídeo e depois, aos 18 anos, tentava a pista competindo em eventos de auto cross. Passaria os anos seguintes a trabalhar para se colocar nas SCCA Solo Nationals, acabando por conseguir os títulos de Solo Autocross e ProSolo National Champion. Para custear as corridas, Heitkotter trabalhou a entregar peças de automóveis, ultrapassando diversas promoções para se sentar a um volante, mesmo que esse volante fosse de uma carrinha de distribuição. No seu "tempo livre" aperfeiçoou as suas habilidades no Gran Turismo. Depois, durante a Grande Recessão, foi dispensado do emprego e já com quase 30 anos viu a GT Academy como a sua última esperança de realizar o seu velho sonho de se tornar um piloto de corrida profissional.

Depois de vencer mais de 53 000 mil concorrentes online e terminar entre os 16 melhores, nas Finais dos EUA de 2011, Heitkotter fez a longa viagem até ao reconhecido circuito de Silverstone, em Inglaterra, e tornou-se o primeiro a ganhar o ambicionado Capacete Vermelho como Campeão da GT Academy EUA de 2011. Quando lhe perguntam como se sentiu no momento em que cruzou aquela meta, responde, “Esse foi o momento mais importante de toda a minha experiência de corrida, de longe, porque representou a realização do meu sonho de toda a vida, de me tornar um piloto de corrida profissional.”

Heitkotter tem tirado o maior partido desta oportunidade, conseguindo um resultado impressionante atrás de outro nas classificações profissionais, mas continua a desafiar-se a si mesmo, descrevendo a época de 2012 como “imensa velocidade, um mínimo de sorte.” Agradecido pela oportunidade e orgulhoso de ser considerado um companheiro entre os seus pares, considera que conseguir a pole position na corrida Grand Am a decorrer no percurso de estrada do Indianapolis Motor Speedway é a sua maior conquista, até à data. Objetivo futuro: passar dos carros desportivos a carros com mais força descendente, nomeadamente, competições de carros de pneus expostos ou protótipos de desportivos.