GT

Please select your country / region

Close Window
Comunidade do GT SPORT
BR
TopoLeia os relatóriosNations CupManufacturer SeriesCalendárioArquivos

Voltar para a lista

MANUFACTURER SERIES
Hernandez (JUNCOS_Kangreti) da Nissan conquista a Etapa 2!
Manufacturer Series de 2020 - Etapa 2 (América Central e do Sul)
05/07/2020

A segunda etapa da Manufacturer Series de 2020 foi realizada em 4 de julho.
Bonelli (UDI_BONELLI) da Mercedes impressionou na Rodada 16 da corrida dos 16 Maiores Astros. Apesar de ter começado bem atrás, em 7º lugar, ele teve um desempenho consistente para conquistar a vitória. Os 434 pontos obtidos o deixaram bem perto do topo das classificações.

Por outro lado, o líder geral da série, Hernandez (JUNCOS_Kangreti) da Nissan, estava lutando para igualar a pontuação incrível que teve na Etapa 1. Os únicos pontos adicionais que ele ganhou vieram de uma vitória apertada na Rodada 15.

16 Maiores Astros - Rodada 20

A última corrida da Etapa 2 ocorreu na pista das 24 Horas de Nürburgring, contando com carros Gr. 3.

Carrazza (KoA_Didico15), representando a Toyota, ficou com a pole position por um desempenho incrível após uma série de resultados medianos até o momento na Série de 2020.
Bonelli (um dos maiores astros vindos da América do Sul e Central neste ano) largou em segundo lugar. Inostroza (FT_Loyrot), representando a Porsche, vencedor da Nations Cup deste ano, largou em terceiro.
Apesar de ocupar o primeiro lugar no placar geral, Hernandez teve que amargar a 7ª posição no grid de largada.
No primeiros momentos da corrida, Carrazza pisou fundo e abriu uma diferença em relação ao segundo colocado, sem dúvida apostando na reta Döttinger Höhe que estava logo à frente. Esse longo trecho em linha reta é famoso por ser um local em que os pilotos podem usar o vácuo para criar oportunidades de ultrapassagem, algo que Carrazza queria evitar a qualquer custo. Acontece que o tiro poderia sair pela culatra, pois essa é uma técnica que consome muito combustível e, caso a diferença entre os pilotos não seja grande o suficiente, tudo poderia dar errado.

Como era de se esperar, houve de fato uma ultrapassagem criada por um vácuo na reta Döttinger Höhe, durante a primeira volta, com Inostroza tomando o lugar de Bonelli para ficar com a segunda posição. Na segunda volta, tudo parecia conspirar para Inostroza tomar a liderança de Carrazza, mas devido a problemas de rede ele teve que se retirar da corrida.

Carrazza, portanto, continuou na liderança, mas o ritmo dele diminuía, e Bonelli vinha para tentar alcançá-lo. Inevitavelmente, Carrazza acabou sendo ultrapassado na reta Döttinger Höhe, com Bonelli usando o vácuo para conquistar a liderança.

Logo depois, todos os primeiros colocados entraram nos boxes. O alto consumo de combustível de Carrazza nos primeiros momentos da corrida fizeram com que o pit stop dele demorasse. Quando voltou à pista, ele já estava quase dois segundos atrás de Bonelli.

Na última volta da corrida, Hernandez já tinha conseguido melhorar sua posição, saindo do 7º para o 5º lugar em que havia largado.

Carrazza pode até ter pensado que o 2º lugar já estivesse garantido, mas de novo o vácuo gerado pela reta Döttinger Höhe acabou com os planos dele. Sternberg (Vortex__Amarok23), representando a Chevrolet, que largara em 6º, mas vinha galgando posições ao longo da corrida, conseguiu ultrapassar Carrazza e ficar com o 2º lugar.

E a corrida ficaria ainda pior para Carrazza antes de terminar. Com a linha de chegada logo à frente, uma briga com Regalado (TX3_Jara), da Citroën, fez com que os dois pilotos recebessem uma penalidade de tempo. Assim, Carrazza acabou cruzando a linha de chegada num decepcionante 5º lugar.

No final, a corrida foi dominada por Bonelli, da Mercedes-Benz, que usou uma estratégia perfeita e manteve um bom ritmo ao longo da corrida. No panorama geral, no entanto, o caos das últimas etapas fez com que Hernandez conseguisse chegar ao pódio em terceiro lugar: um resultado bom o suficiente para garantir uma posição no topo do placar ao final da etapa.

Classif. Piloto CP CE Rd. 1 Rd. 2 Rd. 3 Rd. 4 Rd. 5 Rd. 6 Rd. 7 Rd. 8 Rd. 9 Rd. 10 Rd. 11 Rd. 12 Rd. 13 Rd. 14 Rd. 15 Rd. 16 Rd. 17 Rd. 18 Rd. 19 Rd. 20 Total
1 Nissan JUNCOS_Kangreti S S 297 338 419 300 227 334 429 288 300 438 300 292 357 342 368 338 298 0 301 414 2068
2 Mercedes-Benz UDI_BONELLI S S 317 357 0 342 332 337 382 329 343 390 323 333 286 356 359 434 280 356 334 448 2013
3 BMW FT_NicoR S S 331 333 358 328 347 - 350 - 353 422 - - 283 282 338 402 - 294 - 0 1885
4 Citroën TX3_Jara S S 303 324 296 303 267 231 398 336 338 374 - - 343 - 353 - 341 - 0 398 1866
5 Porsche FT_Loyrot S S 343 347 373 314 - - 318 317 315 357 366 - - 362 - 354 - 371 - 0 1829
6 Honda IOF_RACING17 S S 329 328 388 188 - 306 334 331 - 341 382 - 341 - 374 - - - - - 1826
7 Chevrolet Vortex__Amarok23 S S - - - - - - - - 324 286 269 277 - 332 239 386 294 327 292 431 1800
8 Toyota KoA_Didico15 S S - 326 311 347 274 352 303 346 - 293 360 - 241 - 358 - 322 241 - 381 1798
9 Volkswagen Infinity_BernalV S S 286 299 348 242 311 269 413 302 267 299 323 321 260 193 344 274 327 265 288 365 1797
10 Ferrari PX7-Rodrigo S S 290 304 342 290 200 153 314 308 0 326 127 319 318 294 322 418 0 340 314 348 1774

Voltar para a lista