Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade do GT SPORT
BR

RECAPITULAÇÃO DA TEMPORADA DE 2013 DA GT ACADEMY EUROPA

RECAPITULAÇÃO DA TEMPORADA DE 2013 DA GT ACADEMY EUROPA

A GT Academy 2013 apresentou um presente especial aos fãs do Gran Turismo®, a rodada classificatória em julho foi oferecida em uma versão demo exclusiva do tão aguardado Gran Turismo®6, seis meses antes do lançamento do jogo completo. Em apenas quatro semanas, 765.000 jogadores, em 16 países da Europa, fizeram download da versão demo e concluíram os níveis temáticos da GT Academy do GT6™ para desbloquear a rodada classificatória final. A versão demo teve como cenário o Circuito de Silverstone. Essa foi a primeira vez que a pista apareceu na série Gran Turismo e combinou perfeitamente com a competição, uma vez que Silverstone é a casa tradicional do Race Camp da GT Academy.

Enquanto isso, os eventos ao vivo aconteceram por toda a Europa, dando uma oportunidade àqueles que talvez não tiveram a chance de chegar às primeiras posições nas classificatórias em casa. Competições em eventos como o Goodwood Festival of Speed, no Reino Unido, e as 24 Horas de Le Mans, na França, permitiram que os jogadores mais velozes nesses eventos obtivessem entrada direta às suas Finais Nacionais locais, ao lado dos primeiros classificados da disputa online.

No total, 42 jogadores chegaram em Silverstone em setembro de 2013, cada um com a forte crença de que se tornaria o próximo campeão europeu da GT Academy.

FRANÇA ITÁLIA REINO UNIDO
Geoffrey Belloeil (23)
Adrien De Monte (24)
Jérémy Bouteloup (21)
Joël Cincinnatus (20)
Judicael Lagrange (28)
Arnaud de Crepy (33)
Juiz: René Arnoux
Líder da equipe: Richard Cuene-Grandidier
Alessandro Zedda (22)
Egeo Garofalo (26)
Ivan Brigada (33)
Marco Milio (31)
Michele Radicioni (19)
Minh Tuan Nguyen (23)
Juiz: Vitantonio Liuzzi
Líder da equipe: Luca Lorrenzini
John Foster (18)
Adam Suswillo (21)
Mark Ridout (21)
Martin Hefferon (23)
Shane Ward (21)
Neil Williams (28)
Juiz: Paul O’Neill
Líder da equipe: Tiff Chittenden
PENÍNSULA IBÉRICA BÉLGICA, HOLANDA E LUXEMBURGO PAÍSES ESCANDINAVOS
Daniel Aparicio (21) (Esp)
Daniel Flores (23) (Esp)
Oscar Ruiz (20) (Esp)
Miguel Ballester (19) (Esp)
Francisco Pereira (22) (Por)
Miguel Faísca (24) (Por)
Juiz: Lucas Ordóñez
Líder da equipe: Gonçalo Gomes
Romain Delva (21) (Bel)
Nicolas Beguin (26) (Bel)
Nicola Saponari (26) (Bel)
Stefan de Groot (26) (Hol)
Mario Gankema (30) (Hol)
Bart Jansen (19) (Hol)
Juiz: Tim Coronel
Líder da equipe: Wolfgang Reip
Filip Larsson (19) (Sué)
Jani Vilen (27) (Fin)
Timo Koskela (32) (Fin)
Jesper Pedersen (22) (Nor)
Soren Hansen (29) (Din)
Milan Pokrajac (22) (Nor)
Juiz: Stefan Johansson
Líder da equipe: Risto Virtanen
CENTRO E LESTE EUROPEU    
Petr Doležal (26) (Rep. Tcheca)
Jacek Górlicki (19) (Pol)
Pawel Ledwoń (25) (Pol)
Erik Lestach (19) (Esl)
Martin Hudy (31) (Esl)
Daniel Sinka (23) (Hun)
Juiz: Josef Král
Líder da equipe: Alex Buncombe
   

Os finalistas do Race Camp pilotaram o Nissan 370Z NISMO, o Nissan Juke NISMO e o poderoso Nissan GT-R, além de participar da corrida de stock car em um Nissan Micra e ter a primeira chance de pilotar monopostos.

As eliminações ao longo da semana reduziram cada grupo de seis integrantes, até o campeão do território ser coroado no penúltimo dia. Algumas eliminações foram mais difíceis que outras. A corrida de perseguição, na qual dois competidores se enfrentam em dois Nissan Juke NISMO idênticos, tirou a decisão das mãos dos juízes, mas foi muito tensa e, por vezes, bastante acirrada, especialmente em uma pista molhada. A corrida entre Bart Jansen e Nicolas Beguin, de Bélgica, Holanda e Luxemburgo, foi tão acirrada que precisou de foto da linha de chegada! Foi uma espera tensa para os dois enquanto os juízes analisavam as imagens para ver quem havia cruzado a linha primeiro, e Nicolas foi anunciado como o vencedor, com uma margem apertadíssima.

Uma das atividades mais populares foi um percurso de autoassalto dentro e ao redor dos hangares de uma antiga base aérea norte-americana, projetada para testar o controle avançado de carros. Ocorreram também diversos desafios e distrações, com raios laser, paintball e balões de água gigantes, o que ensinou aos finalistas a se concentrar na pilotagem enquanto aguardavam o inesperado.

Fora da pista, os competidores enfrentaram um cansativo teste de resistência cross-country, passaram por intensos testes de reação, tiveram aulas teóricas sobre psicologia do esporte e automobilismo, realizando também o teste teórico para a licença de corrida ARDS.

Porém, não foi só trabalho pesado. As cabines de corrida de PlayStation® foram instaladas no QG do Race Camp, com a versão demo do GT6 de Silverstone disponível para jogar nas horas vagas. Com os melhores jogadores de Gran Turismo da Europa presentes, foi difícil tirá-los do jogo. Até os juízes se envolveram. Tonio Liuzzi estava ansioso para fazer a volta mais rápida entre os pilotos profissionais. Dessa vez, os competidores aproveitaram para inverter os papéis e dar dicas para seus mentores.

A lenda do automobilismo, Johnny Herbert, viajou para participar do Race Camp logo depois do Grande Prêmio da Itália. Esse foi seu sexto Race Camp da GT Academy, mas foi sua primeira vez como juiz internacional principal. Com uma grande decisão nas mãos, ele levou seu papel muito a sério, mas, é claro, isso em nada atrapalhou seu bom humor. Uma seleção de juízes com grandes ídolos estava presente para ajudar Johnny, incluindo mais três ex-pilotos de Fórmula 1: René Arnoux, Stefan Johansson e Vitantonio Liuzzi.

Jann Mardenborough, campeão da GT Academy 2011, comemorou seu 22° aniversário no Race Camp, no dia 9 de setembro. O Race Camp exige uma dieta saudável rigorosa, mas ele abriu uma exceção para o bolo de aniversário! Depois, Jann foi para Hockenheim, onde teria um importante teste da Fórmula 3.

CAMPEÕES DOS TERRITÓRIOS
Jeremy Bouteloup, França
Minh Tuan Nguyen, Itália
Adam Suswillo, Reino Unido
Miguel Faísca, Portugal
Romain Delva, Bélgica
Filip Larsson, Suécia
Petr Doležal, República Tcheca

Os sete campeões do território se enfrentaram na última chance de provar seu talento para Johnny e sua equipe de juízes. Bem na hora, começou a chover, no momento em que a primeira bateria começava. Em um momento dramático, o aspirante belga, Romain Delva, rodou na pista molhada, abandonando a liderança da corrida, e acabou ficando para trás, sem chances de recuperar o tempo perdido. Enquanto isso, Adam Suswillo, do Reino Unido, impressionou na luta pelo segundo lugar, enquanto Miguel Faísca, de Portugal, assumiu a liderança e correu de forma impecável até a vitória.

Depois da deliberação final dos juízes, Miguel Faísca foi anunciado campeão europeu da GT Academy 2013. Ele se manteve forte durante toda a semana e enfrentou uma pressão intensa para vencer as duas baterias de corrida no dia final, mostrando-se merecedor da coroa. Depois de um Programa de Desenvolvimento de Pilotos intensivo, durante o inverno de 2013, para ganhar sua licença internacional de corrida, Miguel realizou o sonho de se tornar um piloto de corrida. Ele terminou no degrau mais alto do pódio nas 24 horas de Dubai, em janeiro de 2014, sua primeira corrida internacional. Hoje compete como membro da elite dos atletas da NISMO, na Série de Resistência de Blancpain de 2014.