Please select your country / region

Close Window
GT
Comunidade do GT SPORT
BR

RECAPITULAÇÃO DA TEMPORADA DE 2012 DA GT ACADEMY EUROPA

RECAPITULAÇÃO DA TEMPORADA DE 2011 DA GT ACADEMY EUROPA

Em 2011 mais de 90.000 pessoas de dez países europeus participaram da GT Academy por meio de uma prova de tempo on-line no jogo Gran Turismo®5 para PlayStation®3. Uma série de seis finais de território, ocorridas em maio em locais como Brands Hatch, Circuito Paul Ricard e o Salão Internacional de Barcelona, reduziram os jogadores mais rápidos para os doze melhores competidores gerais:

FRANÇA ITÁLIA Reino Unido
Bastien BARTSCH
Thibault LACOMBE
Federico PINNA
Danilo BORDINO
Jann MARDENBOROUGH
James HUDSON
Mentor: Franck Mailleux Mentor: Vitantonio Liuzzi Mentor: Johnny Herbert
ALEMANHA HOLANDA PENÍNSULA IBÉRICA
Sascha MEYENBORG
Alexander WELCKE
Edwin BOS
Thomas ARENDS
Carlos MURILLO (ESP)
Bruno Sousa FERREIRA (POR)
Mentor: Sabine Schmitz Mentor: Jeroen Bleekemolen Mentor: Lucas Ordoñez

Um teste definitivo de uma semana para os últimos doze jogadores super rápidos começou na sexta-feira, dia 10 de junho de 2011, no icônico circuito das 24 Horas de Le Mans, na França. Em Nissan 370Zs idênticos, eles foram convidados a fazerem parte do renomado Desfile de Pilotos pelo centro da Le Mans, para o alegria de mais de 200.000 fãs.

Os finalistas participaram de um tour da garagem da Signatech Nissan e conheceram o campeão da GT Academy 2008, Lucas Ordóñez, que estava competindo nas 24 Horas de Le Mans pela primeira vez. Isso mostrou a eles que vencer a GT Academy poderia mudar suas vidas para sempre e tornar seus sonhos automobilísticos realidade.

A competição propriamente dita também começou na Le Mans onde os competidores participaram de uma corrida de resistência de kart exaustiva no circuito Alain Prost. Enquanto o sol se punha no famoso circuito, a apenas metros de distância da ação dos karts, os protótipos LMP2 da Nissan estavam correndo em direção à vitória da classe, enquanto Bastien e Thibault da equipe da França foram as primeiras vítimas na terra natal na disputa da GT Academy.

No domingo, os doze competidores pilotaram de Le Mans para o Acampamento de Corrida em Silverstone, tendo tempo de sobra para se acostumarem a estar atrás do volante do Nissan 370Z. Ao chegar em Silverstone, eles se encontraram com o juiz principal, Eddie Irvine, chefe de pilotagem, Rob Barff, e seus mentores do Acampamento de Corrida, depois, foram apresentados ao seu dormitório estilo militar no prédio dos boxes do circuito de Stowe, talvez não fosse o automobilismo glamoroso esperavam. Enquanto isso, na França, Lucas ficou em segundo na classe nas 24 Horas de Le Mans; um feito impressionante para qualquer piloto, ainda mais que corre há apenas três anos.

O Acampamento de Corrida provou ser batismo de fogo. Em uma manhã, bem cedo, os finalistas foram acordados com os gritos de fuzileiros navais, conduzidos para uma floresta remota e arrastados do ônibus no meio de uma névoa de granadas de fumaça. Eles foram, então, postos à prova com um treinamento de estilo militar; foi difícil, e três competidores tiveram que desistir da sessão. Não é fácil se tornar um piloto de corrida profissional (mesmo que eles não precisem lidar com fuzileiros navais armados!), e assim, o objetivo deste treinamento era tirar os competidores de sua zona de conforto e fazê-los pensar sobre o nível de comprometimento necessário para alcançar seus objetivos.

É claro que também havia desafios de pilotagem, bem como horas em sala de aula estudando técnicas de corrida e fazendo o teste ARDS (licença básica de corrida). Desafios de pilotagem especialmente desenvolvidos pela GT Academy incluíam pilotagem de circuitos, corridas mano-a-mano e sessões avançadas de controle de carro. O treino físico foi testado ainda mais em um "triatlo", onde os competidores dirigiram o Nissan 370Z por uma distância definida usando amarras especiais, depois pilotaram por várias voltas antes de trocarem por bicicletas e finalmente uma corrida. Este desafio foi demais para Federico Pinna. O competidor italiano saiu da competição sentindo a exaustão de cinco dias intensivos no Acampamento de Corrida.

Após muita deliberação com os instrutores experientes e mentores de pilotagem, Eddie Irvine e Rob Barff escolheram os seis finalistas para participarem no dia final da GT Academy: Danilo Bordino (ITA), Thomas Arends (NED), Thibault Lacombe (FRA), Sascha Meyenborg (DEU), Jann Mardenborough (UK) e Carlos Murillo (ESP). Estes seis diminuíram para quatro quando Sascha e Thomas foram eliminados depois do primeiro gosto de pilotar um carro de corrida GT4 de verdade.

Os quatro finalistas, Jann, Danilo, Carlos e Thibault, enfileiraram-se no grid do Circuito Nacional de Silverstone para uma corrida de 20 minutos nos Nissan 370Zs alvi-rubros da GT Academy. Jann teve um bom começo com a pole position, mas Thibault estava perseguindo-o de perto. Uma marcha errada permitiu que o francês o ultrapassasse com um movimento corajoso por fora da última curva. Mas Jann voltou novamente e retomou a liderança. Ele então continuou com uma série de voltas rápidas e consistentes para levar a bandeira final por oito segundos.

Sua pole e vitória não deixaram dúvidas para os juízes que Jann Mardenborough, de 19 anos, de Cardiff, era o campeão da GT Academy de 2011. Thibault, Carlos e Danilo terminaram a corrida nesta ordem atrás de Jann tanto na corrida quanto na competição geral.

"Estou zunindo, empolgadíssimo", afirmou Jann, triunfante. "Essa competição vai mudar muito a minha vida. Não tenho certeza sobre o próximo Lewis Hamilton, mas ser o próximo Lucas Ordoñez seria um bom começo".

Em seguida, Jann embarcou no abrangente Programa de Desenvolvimento de Pilotos da GT Academy antes de participar da castigante corrida de 24 Horas de Dubai, em uma inovadora equipe "somente de jogadores", em janeiro de 2012, pilotando um carro Nissan 370Z GT4 e terminando no pódio.

E para a nova carreira de corrida de Jann, este era apenas o começo. Em seu primeiro ano como um piloto de corrida profissional, ele chegou dolorosamente perto de vencer o Campeonato de GT britânico. Jann chegou na parte mais íngreme em sua curva de aprendizado quando trocou para no monopostos, no altamente competitivo Campeonato europeu de Fórmula 3 da FIA de 2013. Pilotar na F3 permitiu a ele melhorar rapidamente suas habilidade de corrida em preparação para competir em um LMP2 da Nissan, em Le Mans. Da vitória na GT Academy em junho de 2011 a pilotar na Le Mans em 2013, este é o caminho mais curto até agora de um jogador de Gran Turismo® até a Le Mans para um piloto da GT Academy.